Pesquisar este blog

domingo, 23 de outubro de 2016

Efésios 1:2

Efésios 1:2 - A vós graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo!
A VÓS GRAÇA. A vós, se refere aos seguidores de Cristo Jesus em Éfeso. Graça e paz. Esta era na verdade a saudação cristã nos tempos da igreja primitiva. Nos dias de hoje cada denominação tem o seu modo próprio de saudação, até para diferenciar uma das outras. A palavra graça separada da palavra paz era uma saudação grega ou dos gentios convertidos ao cristianismo. Representando o modo gracioso como foram alcançados pelo evangelho das boas novas e receberam a Cristo como único Salvador. Na realidade os gentios ou os não Judeus eram povos que viviam separados da comunidade de Israel e não eram alcançados pela antiga aliança de Deus com o seu povo. Na nova aliança foram todos alcançados pela graça de Cristo Jesus.

E PAZ. Em termos de Saudação era e sempre foi à saudação judaica dos filhos de Israel. Como sabemos, todos os bons elementos da antiga aliança foram transportados para o cristianismo, até porque o fundador da nova aliança de Deus com a humanidade é um Israelita da gema, Jesus de Nazaré. Incluir a palavra paz na saudação cristã tem todo o sentido, uma vez que, o Messias de Deus veio justamente estabelecer a paz entre Deus e os homens, isto foi possível mediante a reconciliação realizada pelo Senhor Jesus (Romanos 5:11 - E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação).

DA PARTE DE DEUS. Tanto a graça que é um favor não merecido quanto à paz que representa a reconciliação do homem com o seu Criador, provem de Deus que reconciliou consigo mesmo o mundo (2 Coríntios 5:18 - E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação). Os gentios não mereciam a graça divina e nem se interessavam pelo reino de Deus. Todavia, o Senhor pela sua grande misericórdia abril esta porta da graça para toda a humanidade.

NOSSO PAI. Deus é o nosso Pai celeste. Todo ser humano tem um progenitor conforme a carne e o sangue. Porem, o nosso Deus é de fato o nosso verdadeiro pai Criador. Todos aqueles que receberam a Cristo em suas vidas por crerem no seu nome são feitos filhos de Deus, estes que foram gerados segundo a vontade de Deus (João 1:12-13 - Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. Pertencemos a família de Deus e somos realmente irmãos de Cristo Jesus, o Primogênito do Pai.

E DO SENHOR. Graça e paz da parte de Deus e do Senhor Jesus Cristo. Sem Cristo não seria possível recebermos esta graça divina que nos alcançou. O Senhor Jesus Cristo foi o condutor e executor desta tão feliz paz que desfrutamos como o nosso Pai celestial. O mesmo Jesus de Nazaré que veio humilde também é o nosso Senhor e Rei eterno.

JESUS CRISTO. Jesus é o nome próprio e podemos dizer que Cristo é o substantivo que fala de suas qualidades e principalmente de sua missão. Porque Cristo quer dizer o enviado, ou ungido de Deus para executar o plano da salvação. Jesus é um nome próprio e a palavra Cristo fala de quem é Jesus de Nazaré, o Messias de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário