Pesquisar este blog

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Gálatas 1:8

Gálatas 1:8 - Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.
MAS, AINDA QUE NÓS MESMOS. É provável que o volume dos escritos sobre à história de Cristo e sobre os principais e mais importantes pontos da nova dispensação de Deus com os homens por meio de Cristo, já estivesse prontos neste tempo em que Paulo defendia o verdadeiro evangelho. Portanto, ainda que o próprio apóstolo ou qualquer dos outros líderes da igreja primitiva apresentassem um evangelho além do que já estava proposto nos escritos oficiais, não deveria ser aceito pelos seguidores de Cristo na região da Galácia. Ninguém estava autorizado a pregar outro evangelho nem as igrejas deveriam aceitar se alguém anunciasse outro evangelho diferente.

OU UM ANJO. Mesmo que um anjo viesse a anunciar um evangelho além do que já estava escrito, não deveria ser aceito. Os anjos são seres celestiais que estão sob o comando de Deus em prol do seu reino. Eles estão na terra a serviço dos que hão de herdar a salvação (Hebreus 1:14). São seres espirituais, mas que em alguns casos se manifestam em forma de homem. Existem ainda os anjos das trevas, que são os demônios ou espírito maus, que tem como chefe o Diabo que é o príncipe do império das trevas. Nenhum anjo seja quem for pode anunciar outro evangelho diferente.

DO CÉU. Mesmo que um anjo do céu vos anuncie outro evangelho, não aceitem. Os anjos dos céus são os anjos de Deus, que estão ao serviço do reino dos céus. Mas quando se refere a “céu” no singular, está se reportando a morada de Deus mesmo. É o lugar onde Deus habita. Certamente Paulo está se referindo aos Arcanjos, Querubins e Serafins, que assistem diretamente diante do trono do Deus altíssimo. Nem mesmo estes notáveis seres celestiais deveriam ser aceitos com suas mensagens diferentes com um outro evangelho. O evangelho de Cristo já era conhecido.

VÓS ANUNCIE. Os perturbadores da comunidade de Cristo na região da Galácia estavam inquietando os cristãos com o anuncio de um evangelho modificado, ao qual Paulo classifica de outro evangelho. É preciso se ter cuidado com o conteúdo das mensagens transmitidas pelos profissionais do evangelho e pelos mercenários.

OUTRO EVANGELHO. Este outro evangelho é o evangelho deturpado ou modificado conforme as ideologias de quem prega ou ensina. Nos dias atuais o que mais têm são divulgadores deste outro evangelho. Porque o evangelho verdadeiro é acima de tudo Cristocêntrico. Fala sobre o Cristo de Deus e da nova aliança da graça divina. O outro evangelho é pregado pelos mercenários que pregam ou ensinam por outros interesses.

ALÉM DO QUE JÁ VOS TENHO ANUNCIADO. Quando Paulo esteve em viagem missionária naquela região para onde estava escrevendo esta carta, ele anunciou o verdadeiro evangelho de Cristo. Falando o essencial para salvar de qualquer pecador. Os judaizantes, como também os cristãos legalistas estavam pregado um evangelho que mesmo que alguém se convertesse ao cristianismo precisava guardar a legislação de Moisés.

SEJA ANÁTEMA. O outro evangelho deve ser visto como anátema, ou seja, deve ser rechaçado como sendo amaldiçoado. O verdadeiro evangelho de Cristo traz bênção na vida das pessoas, mas o outro evangelho produz maldição, e leva a perdição. É preciso ter cuido em que tipo de evangelho estamos “anunciando” e principalmente “crendo”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário