Pesquisar este blog

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Efésios 1:20

Efésios 1:20 - Que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à sua direita nos céus.
QUE MANIFESTOU. Deus manifestou em Cristo a grandeza do seu poder, segundo a operação da sua força. Ninguém mais do que o Cristo de Deus foi a real demonstração da força e do poder de Deus na terra. Os seus feitos e as suas obras poderosas davam todos os sinais evidentes de que a plenitude de Deus estava sobre ele. Colossenses 1:9 - Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade. Em Cristo era visto a grandeza do poder do Deus Criador, até porque ele era o Emanuel, ou seja, Deus conosco. Em Cristo Deus estava presente no mundo.

EM CRISTO. A palavra “Cristo” significa: O enviado de Deus para executar o plano da salvação. Como também quer dizer: O ungido de Deus para implantar a nova aliança de deus com os homens. Jesus era o nome próprio do Filho de Deus e Cristo nos fala de quem realmente era Jesus de Nazaré. Na antiga dispensação o “Cristo” era conhecido como sendo “o Messias” prometido que havia de vir. E conforme a profecias ele também era chamado de “o Emanuel”, o Deus que havia de se manifestar na terra. Na nova dispensação ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

RESSUSCITANDO-O. A ressurreição de Cristo dentre os mortos foi o selo de aprovação de Deus sobre tudo que ele fez em prol da humanidade. Foi na ressurreição de Cristo que Deus deu a grande demonstração do seu poder e sua força. Se Cristo não tivesse ressuscitado de entre os mortos seria apenas mais um mártir da história da humanidade. Seria apenas mais um cidadão Judeu que lutou por uma causa, foi morto e por fim seria esquecido com o passar do tempo.

DENTRE OS MORTOS. Deus manifestou sua força e o seu grande poder ressuscitando Cristo dentre os mortos. Na verdade ele morreu crucificado lá no alto do Gólgota em nosso lugar. Foi sepultado dentre os mortos em uma tumba fria entre as rochas. Mas ao terceiro dia ressuscitou de entre os mortos. Como ele é a ressurreição e a vida (João 11:25) não poderia ser retido pela sepultura, nem pela grande rocha que foi posta sobre a porta de sua tumba. Com isso ele venceu a morte e os seus agriões.

E PONDO-O. Este verbo expressa em essência a forma como Deus exaltou a Cristo acima de toda a sua criação. Filipenses 2:9-11 - Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome. Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra. E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o SENHOR, para glória de Deus Pai.

À SUA DIREITA. Essa é uma forma de linguagem que representa efetivamente colocar alguém em destaque. O fato de Deus ter posto Cristo a sua mão direita significa o colocar em evidência perante toda a sua criação. Depois de ter Cristo ressuscitado de entre os mortos e ser exaltado por Deus foi visto nesta posição (Atos 7:55-56).

NOS CÉUS. Como os céus é o lugar mais elevado que se possa imaginar, foi justamente neste lugar que Deus elevou a Cristo. Deus tem em sua presença; Anjos, Arcanjos, Querubins e Serafins. Perante todos Cristo foi posto em destaque, a direita de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário