Pesquisar este blog

terça-feira, 7 de março de 2017

Hebreus 1:10

Hebreus 1:10 - E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos.
E: TU, SENHOR. Este Senhor a que se refere o texto, diz respeito ao Senhor Jesus Cristo, é tanto que no texto original da septuagita no Salmo 102:25 não contem a palavra Senhor. O Senhorio de Cristo é reconhecido em toda a extensão do conteúdo neotestamentário. E uma das passagens mais conhecidas é a de Filipenses 2:9-11 - Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome. Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o SENHOR, para glória de Deus Pai. Ele também é classificado de Senhor dos senhores, isto porque, o seu domínio é sobre todo o universo e para todo o sempre.

NO PRINCÍPIO. O texto ora a que estamos comentando é uma citação do Salmos 102:25 - Desde a antiguidade fundaste a terra, e os céus são obra das tuas mãos. Com pequenas modificações que não altera o sentido original do texto. No princípio é palavra usada em Gênesis 1:1 - No princípio criou Deus os céus e a terra. Este princípio se refere não à eternidade passada de Deus, mas sim ao começo da existência da terra. Já no evangelho de João, Coloca o Verbo de Deus, Jesus Cristo de Nazaré, dentro deste contexto, tanto como Senhor absoluto como também Criador de todas as coisas João 1:1-3 - No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Portanto, no princípio da criação da terra Cristo já estava lá.

FUNDASTES A TERRA. Esta terra com seus mais complexos sistemas desenvolvidos e em desenvolvimento, não surgiu do nado, nem de uma explosão atômica como defende a ciência. O livro de Gênesis 1:1,9-10 - No princípio criou Deus os céus e a terra. E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar; e apareça a porção seca; e assim foi. E chamou Deus à porção seca Terra; e ao ajuntamento das águas chamou Mares; e viu Deus que era bom. Cristo como o Criador (João 1:3) foi quem fundou o nosso planeta terra, que é a nossa nave moradia, em termos de universo. A terra é a nossa casa de habitação entre tantos outros planetas também criados pelo Senhor Jesus. De forma que esta terra existe pelo ato criativo de Cristo.

E OS CÉUS. Antes de Criar a terra, Cristo já havia criado os céus. Gênesis 1:1,6-8 - No princípio criou Deus os céus e a terra. E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi. E chamou Deus à expansão Céus, e foi à tarde e a manhã, o dia segundo. Os atos criativos de Cristo vão além da terra e de tudo que nela há, ele também foi quem criou os céus, que é muito maior do que o nosso planeta terra.

SÃO OBRAS DAS TUAS MÃOS. O escritor usa uma linguagem alegórica como que um oleiro formando com suas próprias mãos sua obra de arte. Que neste caso o grande arquiteto da terra e do universo é o Filho de Deus, Cristo Jesus, Criador de todas as coisas que há na terra, mas também nos céus. Por isso que há perfeição na obra criada (céu e terra), porque foram feitos pelas próprias mãos do Senhor Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário