Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

1 Timóteo 2:2

1 Timóteo 2:2 - Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade.
PELOS REIS. Este versículo dá continuidade ao texto anterior em que o apóstolo aconselha aos seu filho na fé, e portanto a igreja que estava sob os seus cuidados, a que orasse por todos os homens. Sendo que, agora, ele escreve sobre classes específicas de pessoas, que o seguidores do evangelho de Cristo colocassem sob seus joelhos. Certamente, a oração pelos reis, se dava, neste caso, porque eram destas autoridades, que nesta época, partiam as ordens, para que as perseguições surgissem contra a igreja.

E POR TODOS OS QUE ESTÃO EM EMINÊNCIA. O império romano, que teve seu início, trinta anos antes da vida de Cristo, já havia atingido seu apogeu de glória. Mas depois do tempo, do ministério do Messias, muitas coisas haviam mudado, e neste mesmo tempo, em que esta carta foi escrita, muitas revoltas e sedições já haviam surgido contra as autoridades romanas. O cristianismo passou a ser alvo dos ataques sistemáticos dos homens que estavam em eminências, contra a igreja de Cristo Jesus.

PARA QUE TENHAMOS. As orações dos servos de Cristo pelos reis e pelas autoridades que estavam ocupando posições proeminentes perante a sociedade era justamente para que tais autoridades cessassem as perseguições contra a igreja. Paulo compreendia que, somente Deus poderia aplacar a ira do império romano, por meio de suas autoridades, contra a igreja sofredora do Senhor Jesus. Nisto apreendemos sobre o valor da oração.

UMA VIDA QUIETA. O próprio Senhor Jesus foi uma vítima do império romano, quando tais autoridades autorizaram sua prisão, fizeram seu julgamento e o condenaram a morte, e morte de cruz. Desde então, muitas cabeças rolaram, muitas perseguições foram insufladas contra a igreja. Quando esta, desejava apenas viver quieta, esperando a volta do Filho de Deus. Os cristãos não representava nenhum risco para as autoridades.

E SOSSEGADA. Por que orar pelas autoridades? Certamente, para neutralizar a ação do diabo com os seus demônios, na vida daquela gente, que estavam sendo usados pelo império das trevas, para tentarem obstruir a expansão do cristianismo na terra. O que os servos de Cristo mais precisavam naquele tempo de perseguições era justamente de uma vida tranquila, quieta e sossegada, coisa que estava efetivamente muito difícil.

EM TOD A PIEDADE. Continua a mesma pergunta: Por que os seguidores do Senhor Jesus deveriam orar a Deus? Para que as autoridades romanas parassem de perseguir a igreja, e todos aqueles que faziam parte do rebanho de Cristo tivessem a liberdade de buscar o reino de Deus em primeiro lugar a as coisas que são de cima como prioridade. A palavra “piedade” neste caso, fala sobre a dedicação do Cristão a Deus e a Cristo Jesus.

E HONESTIDADE. Essa “honestidade”, dentro deste texto, nos ensina sobre santidade e temor a Deus, no exercício pleno da fé. O que os seguidores do cristianismo mais precisavam, neste momento difícil, da história da igreja, era justamente viverem uma vida de transparência, sem subterfúgio, nem camuflagem. Mas tendo pelo menos o direito de viverem de maneira livre, a nova fé, por confessarem a Cristo como Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário