Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

1 Timóteo 2:6

1 Timóteo 2:6 - O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo.
O QUAL SE DEU. O autor se refere ao Senhor Jesus Cristo, ele que se fez carne e habitou entre os homens, cheio de graça e de verdade. Jesus de Nazaré foi de fato á manifestação do Messias prometido por Deus, que também era o Emanuel, ou seja, Deus entre os homens. Como Filho de Deus e redentor da humanidade, o Cristo de Deus se deu em preço de sangue, porque ele também era o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. O sacrifício voluntário do Verbo de Deus foi um ato inegável de puro amor.

A SI MESMO EM PREÇO. Quando Jesus Cristo se manifestou no planeta terra, como sendo o Messias de Deus, ele não passou a existir a partir de então, mas ele sempre esteve com o Pai, porque ele é eterno, e isso no tocante a eternidade passada, quanto a eternidade futura também. De forma que, Já fazia parte do plano de Deus, em Cristo Jesus, intervir na história da humanidade para trazer o homem de volta ao centro da vontade do Criador. O Cordeiro de Deus, se deu em preço de sangue por ser o Redentor.

DE REDENÇÃO. Esta redenção realizada com sucesso pelo Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo sempre fez parte do plano de salvação idealizado por Deus e posto em prática pelo Senhor Jesus. A humanidade se encontrava perdida, completamente fora do plano do Criador, mas como Deus nunca perde a batalha, chama de volta suas criaturas para si mesmo, implementando a redenção, por meio do seu Filho Jesus, o Cristo.

POR TODOS. Quem conhece a palavra de Deus sabe que a velha aliança da lei foi exclusivamente com uma única nação, que foi o Israel de Deus. No entanto, a nova dispensação da graça se propõe a atingir a todas as nações povos e línguas, isso porque essa é uma aliança mais abrangente. Agora em pela redenção de Cristo, todo aquele que o recebe como Senhor e Salvador, tem o direito de se fazer filho de Deus, pela fé.

PARA SERVIR. Antes mesmo de sua vinda, os profetas do Senhor já anunciavam de que o Messias se manifestaria na terra “para Servir” ao povo e isso foi uma realidade prática na vida e no ministério do Senhor Jesus. O Emanuel se humanizou para servir, o Criador a serviço de suas criaturas, esse é o maior exemplo de humildade. O preço da redenção pago pelo Cordeiro de Deus foi para servir de testemunho, que Deus é o mais puro amor.

DE TESTEMUNHO. Deus falou de muitas maneiras aos pais pelos seus profetas, mas, ele se manifestou no tempo próprio da nova dispensação para falar diretamente com a humanidade. O testemunho de Cristo foi confirmado por Deus, quando o evangelho nos ensina que, Deus estava em Cristo e com Cristo. A vida e o ministério do Senhor Jesus foi e é a real confirmação de que ele era na verdade o Messias de Deus entre os homens.

A SEU TEMPO. A vinda do Emanuel de Deus dividiu a história da humanidade em antes e depois. O calendário das nações foi alterado, sinalizando assim que a intervenção do Criador na história da humanidade foi significativa demais. Este “tempo” sobre o qual nos escreve o apóstolo, nos ensina sobre o tempo da nova aliança de Deus com a humanidade por meio de Cristo Jesus, ele que se manifestou na terra como Redentor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário