Pesquisar este blog

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

1 Timóteo 3:14-15

1 Timóteo 3:14-15 - Escrevo-te estas coisas, esperando ir ver-te bem depressa. Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.
ESCREVO-TE ESTAS COISAS. Como missionário que era e fundador de igrejas no mundo gentílico, o apóstolo Paulo passava um certo tempo evangelizando em um determinado lugar, até que fundava uma igreja. Depois, ele já partia para outro lugar para levar Cristo aonde o evangelho ainda não fora pregado. Porem, mesmo ausente, ele continuava ensinando as boas novas do evangelho da libertação a seus filhos na fé, por meio de suas cartas, é tanto que, ele foi quem mais escreveu essas missivas aos seus correspondentes.

ESPERANDO IR VER-TE. Não se sabe ao certo de onde o escritor estava enviando esta carta ao seu companheiro de ministério, mas é certo dizer que, o seu coração estava bem presente na igreja cuidada por Timóteo. A prova disto é que ele traduz este desejo em esperança de em breve estar de volta a cidade de Éfeso para continuar o seu trabalho de discipulador. Paulo só estava esperando a ocasião certa para voltar a Éfeso.

BEM DEPRESSA. MAS, SE TARDAR. O apóstolo Paulo era por demais cuidadoso para com as igrejas que ele fundara, e conforme os comentaristas bíblicos tem procurado explicar, ele ao mesmo tempo em que buscava levar o evangelho de Cristo em lugares ainda não alcançados, ao mesmo tempo, retornava de volta as comunidades cristãs já evangelizadas, e principalmente nas igrejas por ele fundadas para saber como estavam.

PARA QUE SAIBAIS COMO CONVÉM. Mesmo que em suas muitas atividades evangelísticas ou de supervisão, ele demorasse um pouco, todavia, logo que tivesse a oportunidade estaria presente na cidade de Éfeso, em companhia de Timóteo e da igreja de Cristo, para transmitir os ensinos adequados para o crescimento espiritual do povo de Deus. Paulo era incansável em seus trabalhos de pregação da palavra de Deus.

ANDAR NA CASA DE DEUS. O autor usa uma metáfora pedagógica para tentar demostrar a Timóteo e aos seus leitores de como convém se comportar na igreja de Cristo. Ele escreve sobre a vida de comunhão e ao mesmo tempo de santidade que alguém deve se preocupar em viver no meio do povo de Deus, principalmente um diácono e um ministro do evangelho de Cristo, dando um bom testemunho na igreja, e para com todos.

QUE É A IGREJA DO DEUS VIVO. Quando o evangelho das boas novas fala sobre a igreja do Deus vivo ou igreja de Cristo, não está se referindo a um templo religioso, como se ver nos dias de hoje, nem tão pouco a um sistema denominacional. Mas ele se reporta ao povo de Deus, em que a igreja representa o corpo de Cristo na terra. Em todo o domínio do império romano, não foi permitido edificação de tempo cristãos até 313 d.C.

A COLUNA E FIRMEZA DA VERDADE. A coluna fala sobre estrutura de sustentação, sobre a qual um edifício se firma. A igreja de Cristo sempre foi o marco defensor das verdades de Deus, porque ela se transformou em um veículo de difusão das verdades do evangelho libertador. A verdade sobre a qual escreve o autor, diz respeito a tudo aquilo que fazia parte do plano de Deus, mediante a nova aliança da graça em Cristo Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário