Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de outubro de 2016

1 Timóteo 5:20

1 Timóteo 5:20 - Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor.
AOS QUE. O texto que temos a nossa frente demostra a autoridade apostólica de Paulo, principalmente no mundo gentílico, onde ele foi o maior fundador de igrejas cristãs do primeiro século de nossa era cristã. Além de ser um importantíssimo missionário do reino de Deus em várias partes do mundo, pregando o evangelho das boas novas de Cristo aonde o Senhor Jesus ainda não era conhecido. Como tal, ele sempre estava levantando obreiros nas igrejas em que por meio dos tais, instruía os seguidores de Cristo.

PECAREM. No texto anterior, o apóstolo recomenda que Timóteo não aceitasse acusação contra o presbítero da igreja local vinda de qualquer pessoa, mas que se fazia necessário a comprovação de tais acusações por meio de várias testemunhas. Agora, uma vez comprovada a transgressão do presbítero, se fazia necessário serem tomadas as devida providências. Como conceitua a física, toda ação tem uma reação, com relação ao pecado, não é diferente, pecou, seja quem for, tem que ser disciplinado.

REPREENDE-OS. Aqueles que fazem parte do ministério tem o dever de serem bons exemplos de vida digna perante a igreja de Cristo e mesmo que alguém ocupe posição de destaque perante a comunidade cristã, errou, deve pagar pelo seu erro. Repreender neste caso, diz respeito a aplicar as sanções corretivas, no sentido de que o presbítero fosse disciplinado. Certamente ele deveria ser afastado de suas funções por um tempo.

NA PRESENÇA. Os comentaristas afirmam que, geralmente esse fato era exposto perante a igreja em um culto de Santa Ceia em que toda a comunidade cristã estava reunida e que todos que faziam parte do ministério estavam presentes. O fato é que, o constrangimento seria diante de toda a igreja de Cristo para que, aquele que cometia pecado, se sentisse envergonhado e depois disto pensasse mil vezes antes de pecar novamente.

DE TODOS. Ao que tudo indica, o fato vergonhoso de um ministro do evangelho pecar gravemente extrapolava além do conhecimento da igreja cristã, chegando ao conhecimento de toda a sociedade. Com isso, o fato se transformava em um escândalo de repercussão extravagante. Realmente quando há um escândalo com um ministro do evangelho toda a sociedade se escandaliza, por tem os líderes cristãos como exemplos.

PARA QUE TAMBÉM OS OUTROS. A repercussão de um escândalo provocado pelo pecado de um ministro do evangelho deve ser tomada como exemplo para os demais que fazem parte do ministério cristão. Aquele que é chamado para servir a igreja no ministério deve ter todo cuidado possível, no sentido de servir de espelho, com um bom testemunho, a fim de influenciar positivamente os membros do corpo de Cristo.

TENHAM TEMOR. A aplicação correta da disciplina na vida de alguém que faz parte do ministério, terá como resultado o temor nos demais, a fim de que todos tenham cuidado em não escandalizar o reino de Deus. Porem, se as devidas providências não forem tomadas, isso gera ação negativa em cadeia, que afetará efetivamente, não somente todo o ministério, mais também toda a igreja em geral. E isso tem sido comprovado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário