Pesquisar este blog

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

1 Timóteo 6:4

1 Timóteo 6:4 - É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas.
É SOBERBO. Os opositores do evangelho de Cristo eram todos soberbos, porque faziam guerra contra os humildes cristãos, simplesmente para defenderem seus interesses religiosos e do Estado. Enquanto que, o próprio Cristo Jesus veio na plenitude dos tempos como um homem simples e humilde, pregando libertação para os pobres e oprimidos. Da mesma forma os líderes do cristianismo eram todos, pessoas comuns da sociedade, que mesmo perdendo seus bens não revidavam aos seus perseguidores.

E NADA SABE. Os judaizantes que defendiam até as ultimas consequências a legislação mosaica, os falsos mestres gnósticos e os líderes das seitas heréticas, estavam todos com máscaras nos olhos para não enxergarem de que estavam errados em defenderem suas heresias, lutando contra a verdade. O diabo havia segado o entendimento dos inimigos do evangelho, e com isso, eles de forma irracional, sem conhecerem a verdade, defendia suas mentiras e enganos, mesmo que para tanto, tivessem que matar inocentes.

MAS DELIRA ACERCA DE QUESTÕES. Os opositores do cristianismo, do evangelho e das doutrinas cristãs andavam de cidade em cidade e de casa em casa buscando e tentando convencer os novos convertidos de que o cristianismo não ia dar em nada. Para tanto, os inimigos do reino de Cristo, usavam suas filosofias religiosas para como se fossem verdadeiras, quando na realidade eram falsas. Eles deliravam acerca do que pregavam.

E CONTENDAS DE PALAVRAS. Os judaizantes usavam as leis de Moisés e os livros apócrifos dos judeus, na tentativa de confundirem os fracos na fé. Eles diziam que Jesus de Nazaré não era o Messias de Deus, e que as profecias messiânicas não se cumpriram na vida do Cristo de Deus. Como os seguidores de Cristo tinham certeza das verdades sobre o Filho de Deus Jesus Cristo. Então, verdadeiros embates eram travados sempre.

DAS QUAIS NASCERAM INVEJA. O movimento das demais religiões contra o cristianismo era algo motivado por pura inveja, até porque a igreja de Cristo crescia a cada dia de forma perceptível, e com uma velocidade assustadora para as demais religiões da época. Enquanto isso, o judaísmo e as seitas pagãs perdiam cada momento mais e mais membros, que se convertiam ao cristianismo, e isso gerava inveja nos inimigos da igreja.

PORFIAS, BLASFÊMIAS. As discussões em torno de questões ligadas a assuntos religiosos e a contendas de palavras, entre os que defendiam o evangelho da verdade e quem tentava semear discórdia no meio da sociedade, terminavam por contribuir para a porfia. Porque por um lado, os pregadores do evangelho não abriam mão das verdades sobre Cristo, e por outro lado, os inimigos do evangelho blasfemavam contra o Cristo de Deus.

RUIS SUSPEITAS. Os opositores do cristianismo não desistiam de perseguir a todos aqueles que se convertiam para Cristo, por isso que, sempre se levantavam os tumultos nas cidades e nas casas onde se reunião os cristãos. Enquanto isso, que estava de fora dos embates, temia que os grupos religiosos fossem se destruir uns aos outros. Porem, no final das contas, o cristianismo sobreviveu a tudo e a todos os movimentos contrários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário