Pesquisar este blog

domingo, 6 de novembro de 2016

Efésios 2:17-18

Efésios 2:17-18 - E, vindo, ele evangelizou a paz, a vós que estáveis longe, e aos que estavam perto. Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito.
E, VINDO ELE. “Ele” diz respeito ao Messias de que veio ao mundo como sendo o Emanuel, ou seja, Deus entre os homens. Ele é Jesus de Nazaré o Salvador da humanidade, até porque o seu próprio nome significa Salvador. Ele é o Cristo de Deus que se manifestou para realizar a propiciação e por meio da reconciliação prodigalizar a paz. Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, uma vez que, o seu sacrifício expiatório foi suficiente para redimir os pecados. Ele é o Verbo de Deus ou sua palavra.

EVANGELIZOU A PAZ. Antes mesmo de sua vinda, o Messias de Deus já era esperando como sendo o profeta de Deus que viria, conforme predisse Moisés Deuteronômio 18:18 - 18 Eis lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar. Cristo Jesus cumpriu com sucesso absoluto seu ministério de pregação, pregando o evangelho das boas novas e anunciando a paz entre Deus e os homens.

A VÓS QUE ESTÁVEIS LONGE. Na realidade ele não escreveu nenhuma obra literária, mas suas pregações chegaram a todos os lugares do mundo. Cristo cumpriu seu ministério de evangelização, e ao partir para se assentar a destra de Deus nas maiores alturas, ordenou aos seus servos que pregassem o evangelho das boas novas a todas as nações do mundo. Os apóstolos e lideranças da igreja primitiva cumpriram a ordem de Cristo.

E AOS QUE ESTAVAM PERTO. Aos judeus, o próprio Senhor Jesus cuidou em cumprir sua missão de propagar o evangelho da verdade. O foto é que, o Messias de Deus veio para os que eram seus, desta forma, Jesus concentrou suas atividades evangelísticas em Israel e na Palestina. Quando se diz que Israel estava perto é porque os judeus eram aqueles que foram alvo da aliança de Deus com os patriarcas Abraão, Isaque e Jacó.

PORQUE POR ELE AMBOS. O trabalho perfeito do Cristo de Deus foi quem criou este elo ou ponte que nos dá acesso ao trono da graça. A vinda do Messias de Deus como redentor da humanidade abriu a estrada de volta, para que os homens retornassem aos braços de Deus, como quando no princípio, antes da queda, o homem tinha plena comunhão com seu Criador. Hoje, tanto judeus como gentios tem livre acesso ao Pai.

TEMOS ACESSO AO PAI. Esse acesso só é possível por meio de Cristo, ele disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, e ninguém vai ao Pai, senão por mim (João 14:6). E o próprio Paulo deixou registrado que, Cristo é o único Mediador entre Deus e os homens (1 Timóteo 2:5). A obra completa de propiciação realizada pelo Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo removeu a inimizade para que pela reconciliação criar a paz.

EM UM MESMO ESPÍRITO. Cristo, quando ainda cumpria sua missão como sendo o Messias ou ungido de Deus Pai, prometeu que com sua ascensão para se assentar a destra de Deus, enviaria o Espírito Santo para estar com sua igreja. É justamente pelo Espírito Santo de Deus que os remidos de Cristo têm essa comunhão com os céus, uma vez que, é ele quem intercede por nós, com gemidos inexprimíveis (Romanos 8:26).

Nenhum comentário:

Postar um comentário