Pesquisar este blog

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Efésios 2:8-9

Efésios 2:8-9 - Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie.
PORQUE PELA GRAÇA. Esta é uma frase diretiva aos gentios que não faziam parte da aliança de Deus com Israel, mas que agora, na nova dispensação foram alcançados pela misericórdia de Deus. Impulsionado pelo seu ilimitado amor foi que o Deus Criador tomou a iniciativa de resgatar a humanidade perdida por seu favor. Por isso que, a palavra graça tem tudo a ver com favor não merecido. Os pecadores mereciam o castigo da justiça divina, mas, em vez disto, o Senhor manifestou a sua multiforme graça salvadora.

SOIS SALVOS. Este é um dos textos bastante usado, quando o tema é soteriologia, ou seja, salvação. De acordo com os conceitos do evangelho das boas novas, salvação pode ser sinônimo de vida eterna. Ser salvo é ter o privilégio de quando partir desta vida, ganhar o direito a vida eterna, que é uma modalidade de vida feliz, plena e abundante, com efeitos sem fim de benefícios. Esta salvação não pode ser comprada por dinheiro nem adquirida por obras, isso porque é um dom de Deus. Pela graça sois salvos.

POR MEIO DA FÉ. Da parte de Deus, entra a graça que é um favor não merecido, mas da parte do ser humano entra a sua fé. Deus fez pelos seres humanos, no plano da salvação o que ninguém poderia fazer por se mesmo. O único meio que o homem entra nesta aliança de salvação é a sua fé, que tipifica a sua confiança no que Deus já fez por meio de Cristo no plano da redenção. Deus estava reconciliando o mundo consigo mesmo.

E ISSO NÃO VEM DE VÓS. Nem a salvação, nem a graça e nem a própria fé vem do homem, mas tudo provem de Deus. Os seres humanos caíram na desobediência desde o princípio, e com isso deram as coitas para o seu Criador. No entanto, Deus com seu amor pela humanidade enviou seu Filho Jesus para resgatar o homem caído do charco de lodo e das trevas densas. Aonde abundou o pecado, superabundou a graça de Deus.

É DOM DE DEUS. Nisto tudo, não se ver ação positiva da parte dos seres humanos, porque a salvação é um dom gratuito de Deus, bem como a sua graça é um favor não merecido em benefício da humanidade e até a fé, que seria da parte humana, o escritor diz agora que também é um dom de Deus. Assim sendo, Deus entra com todos os benefícios enquanto que o homem só tem a ganhar nesta aliança de paz com o Criador.

NÃO VEM DAS OBRAS. A salvação não vem das obras beneficentes praticadas pelos seres humanos. Se assim o fosse, quem é rico teria condições de praticar boas obras e com isso ganharia a salvação. Mas, e os pobres, onde ficariam neste negócio? Certamente, não ganhariam a salvação por não poderem fazer boas ações em prol do seu próximo. Fazer caridade e dar esmolas não salva ninguém, porque a salvação não se compra com obras.

PARA QUE NINGUÉM SE GLORIE. Se a salvação fosse por boas obras, fazer caridade ou dar esmolas, então as pessoas que tem condições financeiras levariam vantagens, ao ponto de se vangloriarem sobre os que não possuem bens materiais. Porem, se alguém deve se gloriar no processo da salvação é Deus, ele que oferece de maneira gratuita essa salvação grandiosa, pela sua multiforme graça, como sendo o dom que vem do alto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário