Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Efésios 3:13

Efésios 3:13 - Portanto, vos peço que não desfaleçais nas minhas tribulações por vós, que são a vossa glória.
PORTANTO. Percebe-se a preocupação do apóstolo Paulo com a igreja de Cristo que estava na cidade de Éfeso, e assim era com todas as igrejas por ele fundadas. Pelos relatos feitos sabe-se que houve mais de três prisões do apóstolo dos gentios e citaríamos três: Em Éfeso, Cesaréia e Roma. Há quem diga que estas tribulações sobre as quais fala o escritor dizem respeito a sua prisão na cidade de Éfeso e que toda a igreja tinha conhecimento em loco do fato em si, eis a razão da preocupação do apóstolo.

VOS PEÇO QUE. Em muitas partes dos seus escritos, o apóstolo Paulo exorta os seus leitores, mesmo que seja em forma de conselhos, porque a palavra “exortação” nos tempos da igreja primitiva, não era usada, em muitos casos, como se usa nos dias de hoje para bater na igreja de Cristo como sendo supostas doutrinas. Dentro deste texto, o grande apóstolo dos gentios usa de sua humildade para pedir, solicitar e rogar aos servos de Cristo, que não se perturbassem com o que estava acontecendo com sua pessoa.

NÃO DESFALEÇAIS. Era um tempo difícil para os líderes da igreja primitiva, principalmente para Paulo, que como missionário do reino de Cristo, levava o evangelho a muitos campos missionários transculturais. A preocupação do apóstolo era de que por conta de seus sofrimentos, muitos viessem a desistir da fé, se desviando dos caminhos do Senhor, o que tornaria os trabalhos do apóstolo em nada, isso ele não queria.

NAS MINHAS. No tempo em que esta carta foi escrita, o principal alvo dos opositores do cristianismo era justamente o apóstolo Paulo, isso porque ele estava sendo um instrumento eficaz nas mãos de Deus para fazer crescer o cristianismo no mundo. Com isso, ele passou a ser uma ameaça para os judaizantes e para as demais religiões do mundo de sua época. De forma que, os inimigos do evangelho queriam acabar com Paulo.

TRIBULAÇÕES. Foi só começar a obra missionária no mundo gentílico, que o apóstolo passou a ser duramente perseguido pelos opositores do cristianismo. Os próprios compatriotas judeus foram os algozes inimigos de Paulo, porque ele combatia suas fábulas artificiais, pregando o evangelho poderoso das boas novas de Cristo. Além de ser também perseguido pelos líderes das demais religiões do mundo e pelo Estado romano.

POR VÓS. Há quem diga que o escritor esteja se reportando apenas pelos seus leitores que eram os seguidores de Cristo na cidade de Éfeso. Mas, um pouco antes, o apóstolo se dirigia aos gentios de um modo geral, como sendo o novo povo de Cristo. Seja como for, era efetivamente por desempenhar sua função ministerial em prol das igrejas do mundo gentílico que o apóstolo Paulo tinha que enfrentar tantas tribulações e aflições.

QUE SÃO A VOSSA GLÓRIA. Tem versão bíblica que contem a seguinte frase: “Por vós que são a minha glória”. Esta colocação se encaixa melhor ao texto, mas não significa que seja a correta, até porque a mesma frase “por vós que são a vossa glória”, quando se refere às aflições que Paulo passava pelos seus leitores, e que eles usavam isso para testemunhar de que eram por demais importantes dentro da economia do reino de Deus e de Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário