Pesquisar este blog

sábado, 26 de novembro de 2016

Efésios 3:19

Efésios 3:19 - E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.
E CONHECER. Os líderes do judaísmo se esforçavam por tornar conhecidos os mandamentos da legislação mosaica, em que até mesmo suas crianças deveriam conhecer as sagradas letras desde a mais tenra idade. Os gnósticos de maneira frenética buscavam difundir suas filosofias gnósticas como sendo a sabedoria e o conhecimento mais importante do que qualquer coisa. Todavia, para os líderes do cristianismo o mais importante era tornar conhecido em todo o mundo o ilimitado amor de Cristo.

O AMOR. Este é o amor “ágape”, que é o perfeito e ilimitado amor de Cristo pela sua igreja remida. Quando se fala sobre o amor de Cristo é a mesma coisa que se referir ao amor de Deus pela igreja amada de Cristo. Foi por conta deste amor de Cristo pela sua igreja que ele veio como sendo o Cristo Salvador. Deus amou o mundo de uma tal maneira, que deu o seu unigênito Filho (João 3:3). E Paulo escrevendo aos romanos ele confirma dizendo: Deus prova o seu amor para conosco, quando Cristo morreu por nós.

DE CRISTO. Este amor de Cristo se traduz por todos os benefícios que ele produziu em prol de sua igreja, mediante a obra perfeita de redenção. O sacrifício propiciatório do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo foi uma prova irrefutável da bondade de Cristo para com a humanidade. Cristo encarnou esse amor, quando se manifestou como sendo o Emanuel de Deus, ou seja, Deus se humanizou por amor gracioso pelos homens.

QUE EXCEDE TODO ENTENDIMENTO. O amor de Cristo pela humanidade é muito maior do que qualquer compreensão de um sistema religioso, seja do judaísmo, seja do gnosticismo filosófico, seja do paganismo mundano. Nada é mais excelente do que as bênçãos positivas resultantes do sacrifício de amor que o Filho de Deus realizou para o bem dos seus remidos. Para muitos, isso é encoberto, porem revelado para a igreja.

PARA QUE SEJAIS CHEIOS. Compreender o grande amor de Cristo em prol da humanidade é se encher de coisas boas da parte de Deus e acima de tudo se encher do verdadeiro conhecimento e entendimento. Esse enchimento na vida do servo de Cristo é que o torna iluminado da verdadeira sabedoria que vem do alto e o faz ser cada vez mais fervoroso na presença do Pai, pelas virtudes positivas do Espírito Santo de Deus.

DE TODA A PLENITUDE. Essa plenitude na vida de quem segue o amor de Cristo significa dizer que o poder de Deus reside na vida dos remidos do Senhor. Essa plenitude de Deus na vida dos salvos em Cristo se percebe pelas virtudes que se manifestam em sua vida, tais como os dons e os ministérios. Ter a virtude de Deus na vida é ter o brilho da glória de Deus e resplandecer como astros no mundo e como sal da terra.

DE DEUS. Tudo provem de Deus em Cristo Jesus. O ser humano é fraco, limitado e cheio de falhas, no entanto, quando sobre ele repousa a plenitude de Deus, o servo de Cristo passa a ser um legítimo representante do reino de Deus. O homem não tem nenhuma capacidade nas coisas sobrenaturais, mais o poder de Deus sobre sua vida o torna habilidoso nas coisas espirituais, por isso que, os servos de Cristo são ousados e fortes.
/div>

Nenhum comentário:

Postar um comentário