Pesquisar este blog

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Efésios 4:12

Efésios 4:12 - Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo.
QUERENDO. Esta primeira palavra do versículo expressa o desejo de Cristo em dar os dons ministeriais aos seus servos. Como o Cristo de Deus subiu aos céus e se assentou a destra de Deus em posição elevadíssima, o seu querer se torna realidade, uma vez que, ele tem todo poder para realizar aquilo que lhe apraz. Desta forma, o seu intento será sempre concretizado, porque para ele nada é impossível. O desejo de Cristo é que a sua igreja seja completa, sendo abençoada em tudo, pelos dons que ele dá aos seus servos.

O APERFEIÇOAMENTO. O autor revela o propósito para o qual Cristo derrama os dons ministeriais na vida dos líderes de sua igreja, sejam eles os apóstolos, os profetas, os evangelistas, os pastores ou doutores. Este aperfeiçoamento diz respeito ao crescimento espiritual da igreja do Senhor Jesus, seja pela palavra, seja pela oração ou comunhão espiritual com Deus. Como também se trata da santificação dos servos de Cristo, isso porque estamos sendo transformados de glória em glória na imagem do Senhor.

DOS SANTOS. Estes “santos” a que se refere o apóstolo, não dizem respeito aos mortos, mesmo que durante a existência terrena tenham vivido uma vida de piedade, nem tão pouco dizem respeito às pessoas que foram canonizadas por uma instituição religiosa. Mas estes santos são todos aqueles que foram separados por Cristo para lhe servirem nesta dimensão da vida, amando a Deus acima de qualquer coisa e buscando seu reino.

PARA A OBRA. Os dons ministeriais visam o crescimento da obra de Cristo na terra, no que diz respeito a fundar novas igrejas por meio da evangelização, e cuidar das igrejas já fundadas, no que diz respeito ao aperfeiçoamento dos servos de Cristo. A igreja primitiva precisava de obreiros para darem continuidade a obra iniciada e fundada pelo Senhor Jesus, e com isso, era de interesse do Mestre, capacitar com os dons os seus ministros.

DO MINISTÉRIO. Apesar de o cristianismo ser uma religião em formação, mas já desde o ministério de Cristo, que o Senhor buscou organizar seu rebanho, para tanto, ele chamou os seus apóstolos. Já mais tarde, na época em que Paulo escreveu esta carta, o ministério já contava com apóstolos, profetas, evangelistas, pastores, mestres, presbíteros e diáconos. Estes cargos ou funções eram bem organizados para o bem da obra da igreja.

PARA EDIFICAÇÃO. Mais um objetivo é aqui declarado por Paulo, do porque Cristo deu aos seus servos os dons ministeriais. Os ministros do evangelho de Cristo tinham como finalidade edificar a igreja amada do Senhor Jesus. Essa edificação era feita pela pregação da palavra genuína de Deus, do ensino das doutrinas cristãs, do cuidado do rebanho, para que ninguém se desviasse dos caminhos do Senhor e outras atividades ministeriais.

DO CORPO DE CRISTO. Falar sobre o corpo de Cristo é falar da igreja remida do Senhor Jesus. Igreja esta que é uma instituição espiritual que representa de forma legítima o Senhor Jesus na terra. Os dons ministeriais que Cristo outorga aos seus ministros é justamente visando o bem estar de sua igreja. Cada membro do corpo de Cristo é importante nesta composição, porque olhar para a igreja é ver a Cristo presente na terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário