Pesquisar este blog

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Efésios 4:24

Efésios 4:24 - E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.
E VOS REVISTAIS. Agora, o apóstolo usa a mesma metáfora do uso de uma roupa, mas com o sentido contrário. No versículo anterior ele recomenda que despojeis do velho homem, porem, agora ele manda se revestir do novo homem. Esta mesma figura de linguagem era usada em serviços militares, representando os acessórios de um guerreiro para a batalha. Não é diferente na batalha espiritual, em que os soldados de Cristo precisam estar revestidos das armas de proteção para vender o pecado e o diabo.

DO NOVO. Quando o escritor fala sobre o novo homem, não é que o ser humano, ao aceitar a Cristo como Senhor e Salvador vai diminuir sua idade, ou voltar a ser mais jovem do que possa ser. Nem tão pouco voltar a nascer do ventre de uma progenitora, mas o evangelho esta se referindo ao novo nascimento, em que os que dele participam passam a ser novas criaturas em Cristo Jesus. Paulo não está escrevendo sobre as características físicas ou orgânica das pessoas, mais sim, de um novo estilo de vida espiritual.

HOMEM. Quem pode ser chamado de um novo homem? Todos aqueles que por meio de um verdadeiro arrependimento passam pelo processo do novo nascimento, mergulhando nas águas da regeneração espiritual. Se revestir do novo homem é não mas viver para o mundo, nem para as concupiscências da carne, nem para a soberba da vida, mas sim para Cristo, procurando de todos as formas fazer a vontade de Deus.

QUE SEGUNDO DEUS. A única coisa que o homem pode fazer para se tornar em um novo homem, e dentro do seu livre arbítrio, exercer conscientemente sua fé em Cristo, na sua obra perfeita de redenção e no evangelho das boas novas. Porque o resto vem de Deus por meio do Espírito Santo, até porque quem transforma o mais vil pecador em um remido é o Espírito do Senhor, bem como a regeneração é feita pelo Espírito de Deus.

É CRIADO. Por isso que, quando alguém se converte de verdade para o reino de Deus, é chamado de “nova criatura”, isso porque, o processo no novo nascimento é um ato criativo do Deus da graça, que dá uma nova chance do homem receber seu perdão. A regeneração espiritual faz com que o velho homem seja vivificado, porque antes de aceitar a Cristo, o espírito do ser humano está morto, no pecado e nas ofensas.

EM VERDADEIRA JUSTIÇA. Mas, o novo homem, que foi iluminado pela verdade do evangelho, é justificado por Cristo, ao crer na obra perfeita de redenção efetuada pelo Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Essa justiça a que se refere o escritor, não é a justiça que vem das boas obras e virtudes humanas, mas é a justiça que procede de Deus, em que Cristo pagou a dívida em lugar do pecador, o que se chama de expiação.

E SANTIDADE. O evangelho declara que, pela morte de Cristo, aqueles que o aceitam como Senhor e Salvador são santificados pela justificação perante a justiça divina. Por isso que, o novo homem é chamado para uma vida de santidade. E esta santidade cristã se traduz pela separação e renúncia das coisas do mundo, ao mesmo tempo em que, o novo homem deve se dedicar inteiramente ao serviço do reino de Deus e de Cristo Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário