Pesquisar este blog

sábado, 31 de dezembro de 2016

Efésios 5:28

Efésios 5:28 - Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.
ASSIM DEVEM. O escritor retoma o tema, para dar continuidade aos seus conselhos práticos, no sentido de ver o bem estar do lar, neste caso, exortando aos maridos sobre seus deveres domésticos para com suas esposas. Percebe-se que estas recomendações do apóstolo não eram ensinos vagos, em que os seus leitores ficassem a vontade para rejeitar ou por em prática, porem, era um dever dos maridos amarem suas próprias esposas, quando ele escreve: “assim devem”, essa era uma ordem expressa do apóstolo.

OS MARIDOS. O evangelho de Cristo é completo, quando se diz que ele é a legislação de Cristo para sua igreja, porque no evangelho nós encontramos ensinos sobre todas as áreas da vida, principalmente para a boa formação da estrutura familiar. Neste caso do nosso texto, ora a que estamos comentando, a exortação do escritor é para os maridos, que deveriam ter responsabilidade para com suas esposas, não somente esperando delas que lhes fossem sujeitas ou submissas, mas que eles amassem suas respectivas esposas.

AMAR. Paulo repete seu conselho em forma de exortação aos maridos, que se dedicassem em amar suas esposas, porque assim sendo, elas se sentiriam seguras, ao ponto de também lhes prestarem respeito total e submissão. O marido que ama a sua esposa lhe dar a devida atenção, cuida dela como cuida de se mesmo, até porque as Escrituras dizem que não serão mais dois, mas sim, uma só carne, um só corpo.

SUAS PRÓPRIAS ESPOSAS. Estas recomendações do escritor, estão voltadas para os seus leitores que faziam parte da igreja de Cristo, que estava na cidade de Éfeso, isso conjecturamos porque, o homem natural não pensa desta maneira. Até porque, o homem ímpio devota seu amor, primeiro a si mesmo, depois aos seus bens matérias e por último, se sobrar espaço para o amor, ele dedica para quantas mulheres ele tiver.

COMO A SEUS PRÓPRIOS CORPOS. Um homem de sã consciência e que não tenha problemas neurológicos ou patológicos, ele procura cuidar do seu próprio corpo, tomando banho, sempre que for possível, alimentando diariamente por várias vezes, e procurando evitar que danos sejam feitos ao seu organismo. Assim devem os maridos cuidar de suas esposas como cuidam do seu corpo, porque são dois em uma só carne.

QUEM AMA SUA MULHER. Quem ama sua mulher, dedica seu amor por inteiro somente a ela, sem dividir com outras amantes. Neste senso de amor genuíno pela legítima esposa, não deve haver lugar para as traições, nem para o adultero, coisa que infelizmente tem se tornado comum no meio da sociedade moderna dos últimos dias. Esse amor que deve haver do esposo para com sua mulher se traduz em fidelidade.

AMA-SE A SI MESMO. Quando o casamento é feito de acordo com a vontade de Deus, e os conjugues respeitam as normas da palavra do Senhor, a mulher sendo submissa ao seu marido e o esposa amando a sua própria mulher como a si mesmo, isso cria uma ligação tão forte e verdadeira, ao ponto de não serem mais duas pessoas, porem, algo sobrenatural os envolve, ao ponto de se fundirem em uma mesma carne e um só corpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário