Pesquisar este blog

sábado, 17 de dezembro de 2016

Efésios 5:3-4

Efésios 5:3-4 - Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos. Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças.
MAS A PROSTITUIÇÃO, E TODA A IMPUREZA. A prostituição se caracteriza pelos pecados sexuais ilícitos, tais como: Adultério, sexo entre pessoas casadas com conjugues diferentes, o que se chama de traição. Prevaricação, sexo entre uma pessoa casada e outra solteira. E fornicação, que é o sexo entre pessoas solteiras. Já a impureza, em se tratando de sexo, diz respeito às relações sexuais no uso contrário a natureza, como o homossexualismo, sexo de homens com homem e também de mulher com mulher.

OU AVAREZA. A avareza é caracterizada pela ganância pelo dinheiro ou pelo amor excessivo as coisas materiais desta vida. Uma das facetas da avareza dentro da igreja é justamente o uso das coisas de Deus para se ganhar dinheiro, tais como: Pregar, cantar, orar ou fazer o serviço do Senhor com a intenção de tirar proveito financeiro. É a isso que se pode chamar de comércio da fé, em que usam o evangelho para ganhar dinheiro.

NEM AINDA SE NOMEIE ENTRE VÓS. Estas coisas, não podem nem devem ter lugar no meio do povo de Deus, até porque, o bom senso é que se façam as coisas para Deus e para o nosso próximo, por amor e não com interesses econômicos. Fazer a obra de Deus por dinheiro é ativismo religioso, o que a teologia chama de prática de indulgência, que nada mais é do que, a cobrança do serviço religioso para Deus em favor do próximo.

COMO CONVÉM A SANTOS. As organizações religiosas com interferências marcantes do reino dos homens passam a adotarem certas práticas, que longe estão de estarem no centro da vontade de Deus. Há quem diga que, a igreja da atualidade precisa de uma reforma protestante, no sentido de voltar aos princípios fundamentais da palavra de Deus. Existem muitas tradições religiosas que suplantaram as doutrinas do evangelho.

NEM TORPEZAS, NEM PARVOÍCES, NEM CHOCARRICES. Estas são palavras que descrevem os tipos de comunicação entre aqueles que dizem que serve a Cristo, mas que na verdade precisam mesmo é se converterem novamente. Conversas que não levam a nada, piadas e gozação não podem ter lugar entre os servos de Cristo. Nem muito menos pregações artificiais, sem pé nem cabeça, que não edificam a igreja de Cristo.

QUE NÃO CONVÊM. Tem aquela palavra que diz: todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas me convêm, todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas. Quem é servo de Cristo, não pode se envolver com todo tipo de conversas, nem de amizades, para que não venha a perder tempo com coisas que não convêm. Precisamos dar prioridade às coisas importantes do reino de Deus.

MAS ANTES, AÇÕES DE GRAÇAS. Deus tem feito pelo seu povo coisas grandes e firmes, com o propósito de abençoar os seus servos, porque o Senhor deseja que o seu povo seja o mais feliz da terra. De forma que, mais do que motivos nós temos para estar sempre rendendo ações de graças ao nosso Deus. Sempre que nos reunirmos é para glorificarmos ao nosso Deus pelos seus feitos poderosos que ele tem realizado por nós e em nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário