Pesquisar este blog

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Efésios 6:9

Efésios 6:9 - E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas.
E VÓS, SENHORES. O “vós” é enfático para sinalizar mudança de foco, como também para chamar a atenção dos leitores, sobre quem o autor se dirige com suas exortações e recomendações. “Senhores” dizem respeito àqueles que eram donos de escravos, eles que muitas vezes abusavam de suas posições sociais privilegiadas para massacrarem seus servos ou escravos. O que o escritor deseja é por equilíbrio nesta relação, entre os servos e os seus patrões, principalmente para aqueles que eram seguidores de Cristo.

FAZEI O MESMO PARA COM ELES. O apóstolo dedica quatro versículos para transmitir seus conselhos aos servos, com exortações fortes, no sentido de que eles coloquem em prática seus mandamentos. Agora, neste versículo, ele se volta para os senhores de escravos e pede que as mesmas recomendações que cabem a eles, e que foram feitas aos servos, que eles também tomem para si. O que Paulo pede aos patrões é apenas justiça social e tratamento mais humanizado para aqueles que trabalhavam para eles.

DEIXANDO AS AMEAÇAS. Abuso de autoridade e sentimento de hostilidade era o que na maioria dos casos aconteciam nesta relação, senhores e escravos. Para fazerem pressão e exigir que os servos trabalhassem além da conta, muitos fazendeiros faziam ameaças constantes contra seus servos. E o pior de tudo, era quando estas ameaças se tornavam realidade, com práticas abusivas contra a vida e contra a saúde dos escravos.

SABENDO TAMBÉM QUE. O autor dá uma dica, ainda que indireta que, ele estava enviando suas recomendações aos senhores ricos, que também eram servos de Cristo. De forma que, o apóstolo estava apenas lhes lembrando, tudo aquilo que eles já sabiam, até porque também eram servos de Deus. Nenhum deles eram inocentes naquilo que porventura estavam fazendo e praticando contra seus servos e irmãos na fé também.

O SENHOR DELES E VOSSO. A palavra “Senhor” tanto pode ser atribuída a Deus, como também ao Senhor Jesus, e dentro das páginas do Novo Testamento, diz respeito mais a pessoa maravilhosa de Cristo Jesus, eles que foi exaltado por Deus como Rei dos reis e Senhor dos senhores. Portanto, Cristo tanto era Senhor da vida dos servos, como também dos senhores de escravos. Assim sendo, isso abre os olhos de ambos para seus deveres.

ESTÁ NO CÉU. Essa frase leva os leitores de tais recomendações a refletirem sub suas responsabilidades naquilo que fazem ou deixam de fazer quando é um dever. Também nos ensina sobre a autoridade de Cristo, ele que foi exaltado por Deus, e está assentado a destra de Deus, nas maiores alturas. Em fim, esse indicativo faz um alerta de que, o Senhor Jesus está acima de tudo e de todos, como juiz que pratica justiça.

E QUE PARA COM ELE NÃO HÁ ACEPÇÃO DE PESSOAS. Essa colocação feita por Paulo é repetida em outras partes da palavra de Deus. O aviso foi dado para aqueles senhores de escravos de que diante de Deus, não tem grande nem pequeno, porque diante da justiça divina, todos são vistos de igual modo. O recado da palavra estava dado para todos eles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário