Pesquisar este blog

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Gálatas 3:3-4

Gálatas 3:3-4 - Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne? Será em vão que tenhais padecido tanto? Se é que isso também foi em vão.
SOIS VÓS TÃO INSENSATOS QUE. Mais uma vez, o apóstolo aponta para o fato de que, os seus leitores estavam agindo com falta de entendimento, lhes chamando de insensatos, e agora, de forma mais intensa ainda. Para Paulo, era como se os cristãos da Galácia estivessem embriagados com as ideologias dos legalistas, ao ponto de se deixarem dominar por um novo movimento de retorno ao tempo da lei, o que de pronto seria reprovado pelo fundador de todas as igrejas cristãs daquela região, o apóstolo Paulo.

TENDO COMEÇADO. Não há dúvida que, o autor desta carta, se deixava levar pelos bons pensamentos e pelas frutíferas lembranças, de quando começou suas atividades evangelísticas de cidade em cidade na Galácia. Na mente do apóstolo passava como uma fita o avanço do evangelho naquela região. Não tinha como fugir da mente de Paulo, como Deus o tinha usado com a pregação do evangelho e a forma gloriosa de como aquele povo se convertera ao o reino de Cristo, sendo transformados em novas criaturas.

PELO ESPÍRITO. Em outras partes dos seus escritos, o apóstolo dos gentios condiciona a antiga aliança e as ordenanças da legislação de Moisés, ao que ele chama de letra morta, que não tem sentimento, porque só tem o papel de exigir dos seus seguidores. Já a nova dispensação da graça de Deus e fé em Cristo, é algo vivo, porque é posta em prática pelo Espírito de Deus. Há, portanto, um grande contraste entre as duas dispensações.

ACABEIS AGORA PELA CARNE? O começo do evangelho de Cristo nas igrejas da Galácia teve como movimento o derramamento do Espírito Santo, com os muitos dons espirituais e ministeriais. Mas agora, com a influência dos judaizantes e dos cristãos legalistas de Jerusalém, em vez de progredirem, os cristãos daquela região estavam regredindo, voltando a serem pessoas carnais, abandonando a influencia do Espírito de Deus.

SERÁ EM VÃO. O retorno para o cumprimento das regras da lei, que tipificava a saída do poder do Espírito para as obras da carne, tornava em vão tudo de bom que até o momento já havia acontecido com a igreja cristã para as quais Paulo estava escrevendo. A invasão dos campos transculturais conquistados pelo apóstolo dos gentios, pelos judaizantes e os cristãos legalistas de Jerusalém, anulava tudo que Paulo já havia feito.

QUE TENHAS PADECIDO TANTO. Tanto o apóstolo dos gentios sofreu muito para idealizar seus trabalhos evangelísticos naquela região, quanto da mesma forma os que se convertiam ao cristianismo. Nesta época, em todos os lugares onde o império romano dominava, converter-se ao cristianismo, era sinônimo de perseguição, prisão e até morte. O retorno ao legalismo judaico era para Paulo ter padecido e trabalhado em vão.

SE É QUE ISSO TAMBÉM FOI EM VÃO. Além de ter que enfrentar problemas com os líderes das demais religiões pagãs, Paulo tinha também de ter que lidar com as investidas dos falsos cristãos e dos judaizantes, que se infiltravam no meio da comunidade cristã para tentarem atrapalhar o avanço do evangelho pregado pelo apóstolo dos gentios. Se os leitores de Paulo voltassem ao judaísmo, seus trabalhos se tornariam nulos e em vãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário