Pesquisar este blog

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Gálatas 5:14

Gálatas 5:14 - Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
PORQUE. Paulo vem dando explicações convincentes de que a liberdade do evangelho é bem melhor do que a servidão da lei, e que não há como conciliar o judaísmo com o cristianismo, como estavam fazendo os cristãos legalistas de Jerusalém. O fato é que as lideranças de Jerusalém entenderam que Cristo veio apenas fazer uma reforma do judaísmo, e que até meados dos anos setenta, quando Jerusalém foi destruída, eles buscaram adaptar o cristianismo ao judaísmo. Porem, no mundo gentílico era diferente.

TODA A LEI. Certamente o escritor se reporta a toda à lei de Moisés, que serviu aos filhos de Israel por um determinado tempo, até que viesse o tempo da nova dispensação da graça de Deus pela fé em Jesus Cristo. Com a chegada do Messias de Deus, o próprio Jesus falou: A lei e os profetas duraram até João Batista, desde então, o reino de Deus é tomado por força. Durante o tempo em que vigorou a legislação de Moisés ficou claro e patente de que a lei não ajudou ao homem, se não a mostrar-lhe o quanto é pecador.

SE CUMPRE. De forma que, os filhos de Israel não tiveram condições de cumprir toda a lei, como era de foto o seu propósito, porque não adiantava cumprir os mais importantes dos mandamentos e tropeçar nos mais insignificantes. No entanto, uma nova luz raiou no mundo, com a manifestação do Messias de Deus, que criou um novo sistema, de se fazer a vontade de Deus, com a implantação da dispensação da graça de Deus e fé em Jesus.

NUMA SÓ PALAVRA. Na legislação de Moisés, os escribas contavam trezentos e sessenta e cinco proibições expressas, sem contar que a lei de Moisés tinha mandamentos, estatutos e juízos, porque não era apenas uma lei de cunho religioso, mas também cível e social. Já a legislação de Cristo, por meio das boas novas do evangelho, com sua mensagem simples, se resume em uma palavra, voltada para o nosso semelhante.

NESTA. Essa é uma citação que pode ser vista em Levítico 19:18 - Não te vingarás nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor. O Senhor Jesus resumiu a sua legislação em dois mandamentos, em que um deles é: Marcos 12:31 - E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes, amor fraternal.

AMARÁS AO TEU PRÓXIMO. Podemos dizer que a legislação de Cristo, conforme o seu evangelho, está posicionado em duas direções, horizontal e vertical. Vertical, quando devemos dedicar todo o nosso amor para com o nosso Deus, e horizontal, porque foi mandamento do Cristo de Deus, que amemos o nosso semelhante como a nós mesmos, destes dois mandamentos depende toda a lei e os profetas, e isto é o que Cristo quer.

COMO A TI MESMO. Quem tem uma saúde normal, naturalmente busca o seu bem pessoal, por isso que as pessoas se gastam em suas atividades do dia a dia para tentar conseguir uma vida melhor. As mesmas diligências e esforços Cristo pede que nos dediquemos para proporcionar o bem-estar do nosso próximo. Ninguém de sã consciência faz o mal a se próprio, devemos evitar em fazer o mal ao nosso semelhante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário