Pesquisar este blog

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Gálatas 5:20

Gálatas 5:20 - Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias.
IDOLATRIA. A lista de vícios deste versículo retrava justamente dos pecados mais comuns praticados pelos participantes das religiões e seitas heréticas. A idolatria tem várias modalidades, desde a adoração e veneração aos ídolos e as imagens de esculturas, que são os de ordem religiosa. Como também existe a egolatria, que é a prática da idolatria a si mesmo. Bem como a idolatria às coisas materiais, como sendo a amor excessivo ao dinheiro, que conforme o evangelho é a raiz de todos os males.

FEITIÇARIA. Desde tempos mais remotos da humanidade que as religiões pagãs se envolvem em atos maléficos de feitiçaria. A feitiçaria tem tudo a ver com atos de bruxarias que são praticados com as forças ocultas do mal, na tentativa de prejudicar o ser humano. A feitiçaria é uma forma de magia negra, em que os líderes do ocultismo são utilizados pelos espíritos malignos para enganar as pessoas. Na feitiçaria, bruxaria e magia negra são usados rituais macabros para impressionar os adeptos de tais seitas.

INIMIZADE. Esse é um tipo de sentimento que permeia até mesmo as mais influentes autoridades eclesiásticas da igreja cristã. Cada líder das denominações prega e defende de que sua religião é a mais correta e que as demais são seitas heréticas. E até mesmo dentro das próprias denominações existem verdadeiras guerras travadas por aqueles que ocupam cargos e posições de destaques contra aqueles que contrariam seus interesses.

PORFIA, EMULAÇÕES. A palavra “porfia” é sinônima de desavenças, contendas e brigas. Esses sentimentos se afloram com facilidade entre os que estão em eminência como lideranças do povo de Deus, por causa dos interesses contrariados de alguns. Já a palavra “emulações” quer dizer: Ciúme, inveja e zelo distorcido. Os que estão em eminência têm ciúmes dos que são usados por Deus, para que não venham a tomar seu lugar ou posição.

IRAS. A maioria das guerras que já aconteceram na história da humanidade teve a influencia, infelizmente, dos sentimentos religiosos. Temos o exemplo na atualidade do terrorismo praticado pelos extremistas islâmicos, onde se matam pessoas inocentes em nome de uma religião. Ninguém tente contrariar o interesse de quem se acha um líder religioso, porque terá como retaliação, atos contínuos de vingança, de ódio, ira e raiva.

PELEJAS, DISSENSÕES. Verdadeiras guerras são travadas dentro das redomas da religiosidade por aqueles que ocupam cargos, posições elevadas e buscam proeminências nas oportunidades, contra seus supostos concorrentes. Por causo de interesses pessoais ou de grupos, as denominações estão sendo bombardeadas pelas divisões, partidarismo e facções. Isso porque as denominações passaram a ser o reino dos homens.

HERESIAS. As heresias não estão manifestas na simplicidade do evangelho de Cristo, mas elas estão embutidas nas pregações e ensinos mais profundos, porque os hereges se camuflam de homens de Deus, para semearem suas ideias nefastas de forma simulada. A intenção dos hereges é sempre tirarem proveitos da simplicidade e humildade das pessoas, mas no fundo eles querem mesmo é explorar o seu próximo financeiramente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário