Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Gálatas 5:4-5

Gálatas 5:4-5 - Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído. Porque nós pelo Espírito da fé aguardamos a esperança da justiça.
SEPARADOS. Essa é uma colocação feita pelo escritor para descrever sobre aqueles que haviam se desviado da fé em Cristo Jesus. A invasão dos campos missionários de Paulo pelos cristãos legalistas de Jerusalém estava provocando uma onda de apostasia na vida daqueles que antes serviam e seguiam ao evangelho da graça de Deus. O apóstolo dos gentios em suas atividades evangelísticas naquela região havia trazido muitas pessoas para o reino de Cristo, mas com a chegada dos legalistas muitos apostataram da fé.

ESTAIS DE CRISTO. Todos aqueles que haviam se deixado dissimular pelos cristãos legalistas e que neste momento estavam seguindo as exigências da lei de Moisés, deixaram a Cristo por algo que nem os judeus tiveram condições de fazer, quanto mais os gentios, que era cumprir a lei. De acordo com o evangelho da graça de Deus, e pelos parâmetros da nova dispensação, quem estiver separado de Cristo, corre o risco de ter prejuízos eternos, até porque, vida eterna, somente há para quem está em Cristo.

VÓS OS QUE JUSTIFICAIS PELA LEI. Foi assim com os judeus desde que entraram na terra de Canaã, eles de princípio se agarraram com a legislação de Moisés com unhas e dentes, na tentativa de se justificarem diante de Deus, porem, com o passar do tempo, desprezaram a lei, porque perceberam de que não havia como guardar todas as exigências da própria lei. Paulo quer dizer aos seus leitores que pior seria para eles.

DA GRAÇA TENDES CAÍDO. Imagine alguém dizer que é um cristão, mas que está separado de Cristo e ainda por cima tendo caído da graça. O que se pode ver nisto é a desgraça total. As atividades dos cristãos legalistas tinham provocado prejuízos terríveis na vida dos que antes eram seguidores da simplicidade do evangelho e da graça de Deus. Cair da graça é fechar a porta diante da misericórdia de Deus e desprezar a Cristo.

PORQUE NÓS PELO ESPÍRITO. Depois da vinda do Messias de Deus, um novo tempo se desponta para judeus e gentios, em que Jesus realizou a redenção e pelo Espírito Santo regenera o homem para ser conforme a imagem de Deus, de acordo com sua semelhança. Pela lei, o homem buscava pelos seus próprios esforços se justificar diante de Deus, pela graça de Deus, o Espírito de Cristo é quem nos leva aos braços do Pai.

DA FÉ. A lei exigia do homem plena obediência a todos os mandamentos da legislação de Moisés e a quebra de um dos mais pequenos dos mandamentos, era a mesma coisa que a transgressão a todos. Mas no tempo da graça de Deus, só precisa o homem exercer sua fé absoluta em Cristo e confiar que sua obra de redenção é suficiente para que o homem seja justificado diante da justiça de Deus. Basta o homem crer em Jesus Cristo.

AGUARDAMOS A ESPERANÇA DA JUSTIÇA. Quando exercemos a nossa fé e confiança em Cristo Jesus, o Espírito de Deus testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus e, portanto, pertencentes à família de Deus. Com isso, a nossa alma e espírito se enche de esperança de que, a expiação e a propiciação realizada pelo Cordeiro de Deus é suficiente para nos conduzir em paz ao Criador, que nos recebe de braços abertos. Aleluias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário