Pesquisar este blog

sábado, 4 de março de 2017

Gálatas 6:17

Gálatas 6:17 - Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus.
DESDE AGORA. O apóstolo chega ao seu limite de tolerância, quando ver que seus campos missionários de toda a Galácia estavam sendo de maneira injusta invadidos pelos cristãos legalistas de Jerusalém. No capítulo dois desta carta nos conta a história de quando Paulo esteve juntamente com Barnabé e Tito em Jerusalém, e em uma reunião com as principais lideranças da igreja mãe, ficou acertado de que Pedro com os demais apóstolos estavam responsáveis pela evangelização dos judeus.

NINGUÉM. Enquanto que Paulo ficou encarregado de cuidar das igrejas já fundadas por ele e pela evangelização dos gentios. Mas, como se percebe no decorrer de toda esta epístola, invadiram os campos missionários conquistados pelo apóstolo dos gentios e procuravam transtornar o evangelho pregado por Paulo. Eis a razão do desabafo de Paulo contra os seus opositores, e com toda razão, porque foi com muito trabalho e fadiga que o apóstolo dos gentios havia ganhado todas aquelas vidas para Cristo.

ME INQUIETE. Na nossa linguagem bem nordestina, era como se o apostolo estivesse dizendo: A partir de agora, ninguém, nem judaizantes nem as lideranças cristãs legalistas de Jerusalém, mexam comigo. Porque cheguei ao meu limite e vou tomar as devidas providências. O apóstolo se sentia incomodado e injustiçado com o que estavam fazendo com as igrejas da Galácia, desfazendo seus trabalhos naquela região.

PORQUE TRAGO. O apóstolo Paulo por ser neste mesmo tempo uma das mais proeminentes lideranças do cristianismo no mundo gentílico, foi efetivamente uma das pessoas mais perseguidas da igreja primitiva. Enquanto isso, o grupo dos doze, que concentraram suas atividades em Israel, de início não sofreram tanto quanto o apóstolo dos gentios. De forma que, não era justo o que estavam fazendo com Paulo.

NO MEU CORPO. Desde que teve o encontro pessoal com Cristo na estada de Damasco, que a vida de Paulo não era nada fácil. Logo de início sofreu a rejeição das lideranças de Jerusalém. Depois partiu para o mundo gentílico, sendo perseguido onde chegava pelos judaizantes, pelos líderes das seitas heréticas, e pelas autoridades do império romano. Certamente já velho e cansado, podia testemunhar de ter sofrido por Cristo.

AS MARCAS. O apóstolo dos gentios teve muitas vezes que sair às presas de determinadas cidades para não ser morto pelos seus algozes inimigos. Já havia passado por várias prisões, e apanhado muito por defender a Jesus de Nazaré como sendo o Messias de Deus. Ele trazia em seu corpo cicatrizes profundas dos açoites levados nas prisões. Por isso que afirmava que trazia consigo as marcas do seu Mestre, Cristo Jesus.

DO SENHOR JESUS. O escritor estava usando um jargão que era bastante citado por aqueles que sofriam por amor a Cristo Jesus. Essa expressão utilizada pelo apóstolo dos gentios representa ter passado as mesmas coisas que Jesus teve que atravessar. E de fato Paulo, passou por muitas experiências amargas que o Cristo de Deus havia também passado quando de seu ministério. Ser perseguido por Cristo era ganho para Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário