Pesquisar este blog

quinta-feira, 2 de março de 2017

Gálatas 6:9-10

Gálatas 6:9-10 - E não nos cansemos de fazer bem, porque à seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.
E NÃO NOS CANSEMOS DE FAZER O BEM. Deus é o bem em essências e ele se manifesta em todas as práticas de bondade e benevolência. Quem é de Deus sempre tem a disposição em fazer o bem, sem olhar a quem. Podemos resumir esta frase em uma palavra chamada “benignidade” que é fazer o bem sempre, sem esperar receber recompensa dos homens, nem tão pouco se o beneficiário merece ou não tal bondade. Esta é uma das características de quem realmente vive e anda pelo Espírito Santo.

PORQUE À SEU TEMPO. O pensamento do escritor continua sendo influenciado pela metáfora do plantar e do colher, como uma figura de linguagem que representa o bem que praticamos semeando boas coisas e o resultado disto como a recompensa da parte de Deus em fazemos o que é bom pelo nosso semelhante. O agricultor obedece às regras do campo, em saber que tem o tempo de plantar e de colher o que se plantou.

CEIFAREMOS. Tudo começa com a disposição do agricultor em preparar a terra para fazer a sua plantação, já pesando na colheita que por final há de ceifar. A preparação do terreno depende de um grande esforço, espera-se a chegada das primeiras chuvas, é feita a plantação, cuida-se da lavoura e espera o tempo certo de se fazer a colheita. Em todas as fases, uma das coisas que fortalece o agricultor é a esperança na grande colheita.

SE NÃO HOUVERMOS DESFALECIDO. Não pode ficar apenas no desejo do agricultor em fazer sua plantação para se ter uma grande colheita, ele precisa ter coragem, disposição e força de vontade para executar suas tarefas devidas. Não podemos apenas desejar em fazermos o bem, precisamos colocar o amor fraternal em ação, com o objetivo de praticarmos atos de bondade para com o nosso próximo no meio do povo de Deus.

ENTÃO, ENQUANTO TEMOS TEMPO. Nesta vida, cada um dos seres humanos tem suas missões a serem cumpridas, e o tempo curto de nossa existência nesta dimensão da vida é um estágio de nossa experiência, com o fito de que venhamos a servir ao nosso semelhante como a nós mesmos. De forma que, antes de partirmos desta vida para a próxima etapa de nossa existência, devemos imitar a Cristo, que só fez o bem a todos.

FAÇAMOS O BEM A TODOS. Na prática do bem, não se deve fazer acepção de pessoas, e o exemplo disto é o procedimento de Deus para com a humanidade. Deus sempre e continuamente, em atos contínuos de pura benevolência, bondade e benignidade não se cansa de prodigalizar sua misericórdia, amor e perdão para todos. Como filhos de Deus e seus representantes na terra, precisamos por em ação o amor fraternal.

PRINCIPALMENTE AOS DOMÉSTICOS DA FÉ. No meio do povo de Deus sempre existiram pessoas carentes e necessitadas, que dependem das ações sociais das igrejas. Paulo foi um exemplo deste tipo de serviço social em prol dos que mais precisavam, ele que fazia campanhas com os que tinham mais condições financeiras, para beneficiar aquelas igrejas mais pobres, por conta dos confiscos realizados pelo estado romano contra os cristãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário