Pesquisar este blog

sexta-feira, 10 de março de 2017

Hebreus 2:8

Hebreus 2:8 - Todas as coisas lhe sujeitaste debaixo dos pés. Ora, visto que lhe sujeitou todas as coisas, nada deixou que lhe não esteja sujeito. Mas agora ainda não vemos que todas as coisas lhe estejam sujeitas.
TODAS AS COISAS. Nada há que não esteja debaixo do governo de Cristo Jesus o Filho de Deus, seja nos céus, na terra ou debaixo da terra, tanto as coisas materiais quanto as coisas espirituais, sejam as coisas visíveis ou invisíveis, as coisas que perecem ou as que são incorruptíveis. Principados e potestades ou qualquer entidade espiritual ou autoridade humana, tudo que há no que é palpável ou no infinito, sejam coisas animadas ou inanimadas, e até os sentimentos e sensações dos seres vivos e inteligentes ou não.

LHE SUJEITASTE. Essa colocação feita pelo nosso escritor nos ensina sobre a superioridade de Cristo Jesus, ele que foi constituído por Deus como Rei dos reis e Senhor dos senhores, bem como o cabeça e dominador de todas as coisas. Bem como nos fala sobre a inferioridade da criação em comparação com o Príncipe, Filho de Deus. Todas as coisas se submetem ao senhorio de Cristo para lhe prestar a honra e a glória devida.

DEBAIXO DE SEUS PÉS. Essa expressão pode ser comparada a uma metáfora que fala sobre os monarcas da antiguidade que mantinha os seus vassalos debaixo de sua autoridade máxima. De forma que, o escritor eleva a Cristo como o Rei de reis, que mantem o controle absoluto sobre toda a criação. Os homens mais ricos e poderosos que já existiram ou que possa vir a existir, haverão de se dobrar ante os pés de Cristo Jesus.

ORA, VISTO QUE LHE SUJEITOU TODAS AS COISAS. O verbo esta no passado, certamente apontando para a vitória de Cristo, quando de sua missão como sendo o Messias de Deus. Esta vitória sobre seus inimigos foi quem o coroou de honra e de glória. A partir do momento em que o Cristo de Deus ressuscitou de entre os mortos, subiu aos céus e se assentou a destra de Deus, todo poder lhe foi entregue nos céus e na terra também.

NADA DEIXOU QUE LHE NÃO ESTEJA SUJEITO. Aparentemente, os inimigos de Jesus estavam temporariamente lhe vencendo, quando da etapa de sua encarnação, quando o injuriavam, perseguiam e até o humilhava por meio da morte. Porem, este foi o método, humanamente contraditório, que Deus se utilizou para exaltar soberanamente a Jesus Cristo diante dos seus opositores, lhe sujeitando todas as coisas, hoje e sempre.

MAS AGORA, AINDA NÃO VEMOS. Este “agora” nos fala da vida e ministério terreno de Cristo, bem como do tempo presente, até a volta de Cristo para arrebatar a sua igreja, e principalmente da segunda etapa de sua vinda para reinar sobre a terra. Aparentemente, para o mundo, Cristo não significa muita coisa, porque o seu reino neste tempo presente é espiritual, de forma que, não é um reino visível e palpável, a não ser para a sua igreja.

QUE TODAS AS COISAS LHE ESTEJAM SUJEITAS. A própria vida e ministério do Senhor Jesus, mesmo com a demonstração de manifestações de poder nunca vista antes na história da humanidade, mas os judeus não perceberam que, em Jesus estava à encarnação do Emanuel, que era em essência a humanização do Deus-homem. Como também no tempo que se chama hoje, o homem natural não percebe que Cristo reina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário