Pesquisar este blog

sábado, 18 de março de 2017

Hebreus 3:18-19

Hebreus 3:18-19 - E a quem jurou que não entrariam no seu repouso, senão aos que foram desobedientes? E vemos que não puderam entrar por causa da sua incredulidade.
E A QUEM JUROU. O juramento de Deus foi contra os filhos de Israel que murmuraram contra o Senhor, tentaram o seu Deus, mesmo sabendo de tudo que o Senhor já havia realizado em prol deles e provocaram a ira ao Deus que é juiz dos vivos e dos mortos, por isso que o Senhor tomou as devidas providências contra os rebeldes e contra todos aqueles que estavam apostatando de sua fé em Deus. Jurar, neste caso é sentenciar.

QUE NÃO ENTRARIAM. Quando o Senhor enviou o seu servo Moisés para tirar o seu povo da terra do Egito e da casa da servidão, é porque a intenção do Senhor era cumprir sua promessa feita a Abraão de introduzir os seus descendentes na terra de Canaã. No entanto, o que aconteceu em Massá e Meribá, fez com que o Senhor mudasse de atitude, no sentido de que os que murmuraram, não entrariam na terra prometida e ponto final.

NO SEU REPOUSO. Quando ainda no Egito, os filhos de Abraão viviam sob o regime de escravidão, onde o sofrimento era muito grande. Mas, a libertação da casa da servidão e a introdução na terra de Canaã representava a independência daquele povo, que seria dono de suas próprias terras e propriedades. Com isso, os filhos de Israel passariam a ter tranquilidade, bem-estar, sossego, paz, numa terra que manava leite e mel. A intenção do Senhor era a melhor possível para aquele povo que era escolhido.

SENÃO AOS QUE FORAM DESOBEDIENTES? O evento da murmuração contra Moisés e contra o Senhor em Horebe gerou uma crise de comunhão entre o povo e Deus, ao ponto do Senhor virar as costas para aquela gente. Há nestas palavras do escritor uma mensagem ainda que subliminar sobre a rejeição de Cristo pelo povo judeu. Como os leitores desta carta eram cristãos, eles são alertados a não agirem da mesma forma.

E VEMOS QUE. O escritor desta carta aos hebreus era alguém que tinha conhecimentos profundos sobre as questões que envolvia a vida religiosa dos hebreus, como também os seus leitores eram judeus convertidos ao cristianismo. É bom lembrar aos nossos leitores que esta carta estava sendo escrita para os hebreus, que eram pessoas pertencentes à nação de Israel. A intenção da carta é enaltecer a Cristo e ao cristianismo em tudo.

NÃO PUDERAM ENTRAR. Muita gente saiu juntamente com Moisés da terra do Egito em direção da terra de Canaã, mas uma grande parte daquela gente, por conta de se virarem contra Deus, pereceu no deserto. Mesmo na nova dispensação da graça de Deus, se faz necessário que os seguidores de Cristo tenham muito cuidado para não se deixarem levar pelas murmurações, a fim de não tentarem nem provocarem a ira de Deus.

POR CAUSA DA SUA INCREDULIDADE. Primeiro, o escritor nos fala sobre a desobediência daqueles que murmuraram contra ao Senhor, e agora, ele destaca a incredulidade daquela gente. A título de hoje, estes mesmos problemas têm afetado a muitas pessoas, principalmente no tocante a incredulidade. A maioria da humanidade não vai desfrutar da salvação e vida eterna, por conta da murmuração, da incredulidade e da desobediência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário