Pesquisar este blog

segunda-feira, 27 de março de 2017

Hebreus 4:10

Hebreus 4:10 - Porque aquele que entrou no seu repouso, ele próprio repousou de suas obras, como Deus das suas.
PORQUE. Neste momento o autor tem uma visão espiritual do que vai acontecer de fato com o repouso eterno dos remidos em Cristo, quando estes entrarem na Nova Jerusalém Celestial para tomarem posse da promessa eterna de Cristo para todos os salvos. Apesar de muitas controvérsias sobre o texto a que estamos comentando já ter sido levantada, mas, a revelação da palavra de Deus nos da à inspiração de que, efetivamente o escritor está se referindo a todos aqueles que haverão de herdar a salvação e a vida eterna.

AQUELE. Alguns pensam que este, sobre o qual se reporta o escritor, diz respeito àquele que teve o privilégio de entrar na Canaã, ainda no tempo de Josué, opinião que é refutado por textos anteriores. Outros imaginam que o escritor esta se referindo a Cristo Jesus, que subiu ao céu e se assentou a destra de Deus, o que não deixa de ser verdade. Porem, as evidências nos levam a crer que se trata mesmo dos remidos de Cristo Jesus.

QUE ENTROU. É mais clara aquela versão que diz: “que está entrando” em se tratando dos salvos em Cristo Jesus. Essa é uma forma de se afirmar com convicção de que, a promessa do repouso eterno dos remidos já é uma realidade. Assim sendo, o escritor já fala como se o futuro se antecipasse, dada a fidelidade de Deus em cumprir suas palavras. Este verbo não pode se referir ao que aconteceu na conquista de Canaã, porque o escritor afirma em textos anteriores que aquela conquista não foi o repouso prometido.

NO SEU REPOUSO. Com relação aos remidos de Cristo que haverão de participar da vida eterna na Nova Jerusalém Celestial, eles de fato tomarão posse do verdadeiro repouso eterno, em que não sofrerão jamais qualquer tipo de contrariedade, por isso que a vida eterna, neste caso, também é chamada de repouso eterno. Há quem diga que este repouso dos remidos de Cristo começa já com a partida desta vida para o paraíso.

ELE PRÓPRIO REPOUSOU. Por isso que a morte biológica para o salvo em Cristo não é o fim da existência da alma, mas para os que são de Cristo, é apenas a passagem de uma modalidade de vida para outra melhor ainda. O evangelho ensina que, os que são de Cristo, eles não morrem, mas apenas dormem no Senhor, o que é um tipo de repouso. A tradição cristã afirma que, os que partiram com Cristo, repousam no paraíso, tranquilos.

DE SUAS OBRAS. Durante esta vida presente, todos aqueles que vivem para Cristo e com Cristo, buscam cumprir seus deveres como cidadãos que são, além de buscarem com esforço total fazer a vontade de Deus. Mas, ao deixarem o tabernáculo terreno, o corpo, a alma vai para o paraíso, onde não há mais obras a serem executadas. Se alguém tem que fazer alguma coisa que faça agora, porque depois é só repouso e tranquilidade.

COMO DEUS DAS SUAS. Essa mesma frase é encontrada no versículo quatro deste capítulo falando de quando o Senhor criou a terra e os céus atmosféricos. E o próprio evento narrado no livro de Gênesis declara que o Senhor descansou no sétimo dia, tendo já concluído aquela obra que foi relatada como concluída. Mas é bom observar que isso não encerrou os atos criativos de Deus, e ele continua trabalhando e criando sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário