Pesquisar este blog

terça-feira, 28 de março de 2017

Hebreus 4:14

Hebreus 4:14 - Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.
VISTO QUE TEMOS UM GRANDE. Em muitos dos textos desta carta reveladora, o autor se inclui dentre os seus leitores, como participante de uma mesma família, a família de Deus, que é a igreja remida de Cristo Jesus. Ao mesmo tempo em que ele nos faz saber da grandeza dos serviços prestados por Cristo Jesus na vida de todos aqueles que são chamados para o reino de Deus. O restante deste capítulo nos faz saber da superioridade de Cristo no tocante a seu ministério de intercessão diante de Deus.

SUMO SACERDOTE. Essa já era uma profecia vaticinada nas literaturas religiosa dos hebreus, conforme Salmos 110:4 - Jurou o Senhor, e não se arrependerá: tu és um Sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque. De acordo com o conhecimento dos hebreus e o que prevalecia na velha dispensação, o sumo sacerdote tinha uma importância fundamental, no que diz respeito ao perdão dos pecados do povo, porque ele entrava na presença de Deus, no santo dos santos para interceder em lugar do povo.

JESUS. Em grande parte desta carta aos Hebreus o escritor faz questão de colocar o nome de Jesus, sem o sobrenome Cristo, para dar destaque ao mesmo Jesus de Nazaré que se tornou conhecido em todo o Israel, uma vez que, ele concentrou suas atividades ministeriais entre o seu povo, os hebreus. Jesus é o nome próprio do filho de Deus e é a transliteração do nome de Josué. O nome Jesus quer dizer: Aquele que é o Salvador.

FILHO DE DEUS. O profeta Isaías já havia profetizado que, o Messias seria chamado filho de Deus, uma vez que o seu nascimento se daria por um ato milagroso da parte de Deus Pai (Isaías 9:6). De fato, Jesus era filho adotivo ou de criação de José, marido de Maria, porque o Pai de Jesus era o próprio Deus, uma vez que, ele foi gerado pelo Espírito Santo de Deus (Mateus 1:18). Jesus é o Filho unigênito de Deus Pai (João 3:16).

QUE PENETROU NOS CÉUS. Atos 1:9-11 - E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos. E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco. Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir. Jesus está a destra de Deus.

RETENHAMOS FIRMEMENTE. Mais uma vez o autor se inclui entre aqueles que precisavam continuar firmes nas palavras do evangelho de Cristo, tendo a certeza de que o Cristo de Deus está assentado à destra do Pai, intercedendo pela sua igreja amada, que ele comprou com seu sacrifício de amor. Por isso que o escritor conclama seus leitores a se achegarem com confiança ao trono da graça para receberem o perdão de Deus.

A NOSSA CONFISSÃO. Neste mesmo tempo, e em todo o período da igreja primitiva, muitos sofreram terríveis pressões para negarem a sua fé em Cristo Jesus. No país de Israel era grande a perseguição dos judaizantes contra os seguidores de Cristo, porque os judeus mataram o Senhor Jesus e agora desejavam eliminar o cristianismo da face da terra. Portanto, o escritor incentiva seus leitores a não negarem a fé no nome de Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário