Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de março de 2017

Hebreus 4:3

Hebreus 4:3 - Porque nós, os que temos crido, entramos no repouso, tal como disse: Assim jurei na minha ira Que não entrarão no meu repouso; embora as suas obras estivessem acabadas desde a fundação do mundo.
PORQUE NÓS, OS QUE TEMOS CRIDO. Novamente o escritor se inclui dentre os seus leitores como aqueles que têm acreditado nas boas novas do evangelho de Cristo e em tudo que se dispões a nova aliança da graça de Deus com a humanidade por meio de Cristo Jesus, o Messias de Deus, que veio na plenitude dos tempos para estabelecer uma nova aliança de paz com hebreus e gentios. Este “crido” sobre o qual fala o autor é o ato de fé na obra perfeita de redenção prodigalizada pelo Cristo de Deus, Jesus de Nazaré.

ENTRAMOS NO REPOUSO. Certamente o escritor se reporta a um novo tempo de relacionamento de Deus com a humanidade, em que as promessas não são mais como foram feitas aos filhos de Israel de uma pátria terrena, como foi o caso de Canaã. Este entrar no repouso nos fala sobre novas promessas de vida eterna, em que os remidos de Cristo, ainda na terra, já tomam posse da pátria celestial, pela fé no nome de Cristo.

TAL COMO DISSE: ASSIM JUREI. De volta ao tema abordado em textos anteriores o autor chama a atenção dos seus leitores sobre o que aconteceu no deserto de Horebe com os filhos de Israel, em que pela desobediência deles, Deus se irou contra os rebeldes e fez juramento de que eles não entrariam no seu repouso de desfrutarem das bênçãos da terra prometida que manava leite e mel, a terra de fartura que era Canaã.

NA MINHA IRA. A mesma bíblia que diz que o Senhor é um Deus amoroso, que age dentro de suas qualidades de bondade e que pratica a misericórdia, é a mesma palavra que adverte aos desobedientes que Deus é também um fogo consumidor, e que horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo. Deus não se deixa escarnecer, e não tem culpado por inocente, se este alguém é culpado de alguma coisa diante da justiça divina.

QUE NÃO ENTRARÃO NO MEU REPOUSO. Efetivamente, todos aqueles que em Massá e Meribá murmuraram contra Deus, chegando a afirmarem de que o Senhor os havia tirado do Egito para lhes matarem no deserto, além do mais tentaram ao Senhor, falando de que, ele não era capaz de suprir as necessidades do seu povo, e por fim, provocaram a ira de Deus. E quando Deus se ira, coisas terríveis terminam acontecendo.

EMBORA AS SUAS OBRAS ESTIVESSEM ACABADAS. Desde que há homens sobre a terra que Deus havia completado a sua obra, não somente sobre a terra, mas em todo o cosmo e o universo. E estas obras deveriam servir de exemplo para os filhos de Israel, que o Senhor Deus é capaz de fazer tudo, muito mais do que o ser humano possa pensar ou imaginar. Basta se olhar para as obras de Deus, e logo se percebe sua grandeza e poder.

DESDE A FUNDAÇÃO DO MUNDO. O relato do livro do Gênesis é claro em trazer detalhes bastante compreensíveis dos atos criativos do Deus de Israel. De forma que, os filhos de Israel não tinham motivos para duvidarem de que ele poderia matar a sede do povo, bem como suprir-lhes todas as necessidades. Alerta para os leitores desta carta sobre não duvidarem de que Deus tem grandes promessas de repouso para o seu povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário