Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de março de 2017

Hebreus 4:4-5

Hebreus 4:4-5 - Porque em certo lugar disse assim do dia sétimo: E repousou Deus de todas as suas obras no sétimo dia. E outra vez neste lugar: Não entrarão no meu repouso.
PORQUE EM CERTO LUGAR. Nesta carta aos Hebreus, o autor se utiliza de muitas passagens das literaturas religiosas dos judeus, até porque ele estava escrevendo para pessoas que eram conhecedoras das Sagradas Escrituras. No caso em foco, não era que o escritor não soubesse onde estava escrito o texto sobre o qual ele se reporta, mas essa era uma forma literária em que os escritores tornavam seus escritos mais atraentes, até em termos de autoridade, com amarrações que despertavam a pesquisas dos leitores.

DISSE ASSIM DO SÉTIMO DIA. É bom lembrar que, no tempo em que esta carta foi escrita, a bíblia não era dividida em capítulos e versículos como temos nos dias de hoje. Todavia, descobrimos que a citação feita pelo nosso escritor diz respeito a Gênesis 2:2 - E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. O sétimo dia passou a ser muito importante para os hebreus.

E REPOUSOU DEUS. Essa é uma expressão que merece uma explicação no mínimo razoável, senão convincente mesmo, porque tem gerado inúmeras controvérsias, principalmente pelos que duvidam da palavra de Deus. Não que Deus tivesse cansado de trabalhar, mas essa é uma frase que nos fala sobre a conclusão de tudo que naquele momento Deus pretendia fazer. Também não sinaliza a fim das atividades de Deus.

DE TODAS AS SUAS OBRAS NO SÉTIMO DIA. O escritor do livro dos começos estava escrevendo em um estilo literário que deveria ter uma mensagem compreensível por aqueles que viessem a ler suas palavras. A leitura pura e simples do capítulo um e dois do livro do Gênesis, logo se percebe que o escritor fala da criação da terra e do seu sistema solar. Porem, a criação total de Deus vai infinitamente muito além do que isso.

E OUTRA VEZ NESTE LUGAR. Agora, o escritor volta a citar o Salmos 95:11 - A quem jurei na minha ira, que não entrarão no meu repouso. Quer dizer, os filhos de Israel que se rebelaram contra o seu Deus no deserto não entraram no repouso prometido, que naquele caso seria a terra de Canaã, terra que manava leite e mel, que era uma prefiguração da Nova Jerusalém, para onde irão os remidos de Cristo Jesus, o Salvador.

NÃO ENTRARÃO. No tocante aos que provocaram a ira de Deus no deserto de Massá e Meribá, eles realmente não tiveram o privilégio de participarem da conquista de Canaã, isso porque pereceram no deserto. Assim também, os que não acreditarem no evangelho de Cristo e andarem conforme os parâmetros da nova dispensação da graça, da mesma forma correm o risco de não herdarem a salvação e a vida eterna.

NO MEU REPOUSO. O repouso prometido aos filhos de Israel era a conquista de uma terra boa e de fartura em que não mais passariam nenhum tipo de necessidade, porque a terra manava leite e mel, e isso fala de uma terra boa. Já no que diz respeito aos leitores desta carta, o repouso futuro dos remidos é na Nova Jerusalém, lugar de bem-estar eterno, onde não mais haverá dor, nem prato, mas somente paz e profunda felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário