Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Hebreus 6:17

Hebreus 6:17 - Por isso, querendo Deus mostrar mais abundantemente a imutabilidade do seu conselho aos herdeiros da promessa, se interpôs com juramento.
POR ISSO, QUERENDO DEUS. O autor fala em uma linguagem bem humana para representar a vontade de Deus e o seu relacionamento com os seres humanos (antropologia), até porque o homem é a coroa da criação de Deus. Isso nos fala sobre que Deus criou todas as coisas e não abandonou sua criação a própria sorte como alguns defendem (teísmo), pelo contrário, vemos no tempo do Jardim do Éden em que o Senhor vinha todos os dias se comunicar com Adão. E como Criador ele expressa suas vontades.

MOSTRAR MAIS ABUNDANTEMENTE. Este texto continua se referindo sobre o fato do pacto de Deus com Abraão, em que o Senhor Fez juramento em cumprir com sua promessa e ser fiel a sua palavra. De forma que, como o Senhor estava tratando com um ser humano cheio de dúvidas, então ele mostra quem ele é na prática, quando fez com que sua bênção caísse sobre o patriarca, mostrando que cumpriria suas promessas.

A IMUTABILIDADE. Essa é uma palavra que fala da forma fiel em como Deus faz para cumprir suas palavras e suas promessas. Por isso que as Escrituras afirmam de que Deus não é o homem para que minta, falaria ele alguma coisa e não confirmaria? Nos acordos celebrados entre os filhos dos homens, há a necessidades de juramento com fiadores. Mas quando Deus dá a sua palavra, ele não precisa de fiador, jura por si mesmo.

DO SEU CONSELHO. Essa frase nos ensina sobre os planos de Deus e os seus desígnios que são feitos de forma organizada, planejada e com finalidades e objetivos bem definidos, isso porque, tudo que o Senhor intenta fazer ele executa pelo seu grande poder. Por que, os planos de Deus são imutáveis? Porque a execução dos mesmos não depende das circunstâncias, nem do tempo. Nada é impossível para o nosso Deus, como também nada impede dele realizar os seus projetos e empreendimentos.

AOS HERDEIROS. Estes herdeiros tanto podem ser os descendentes de Abraão, porque Deus cumpriu a sua promessa de que eles herdariam a terra de Canaã, e assim aconteceu. Bem como diz respeito aos herdeiros por Jesus Cristo, até porque, a todos que aceitam a Cristo como Senhor e Salvador, têm o direito de se fazerem filhos de Deus aos que creem em seu nome (João 1:11). Portanto os remidos são herdeiros de Deus.

DA PROMESSA. Os hebreus, leitores desta carta, que também eram descendentes de Abraão foram durante o tempo da velha dispensação os herdeiros das promessas de Deus. Do mesmo modo, agora, já no tempo da nova dispensação, aqueles que fazem parte da igreja de Cristo também são participantes da mesma promessa feita a Abraão, porque o evangelho diz que os remidos são filhos de Abraão pela fé, como Israel também.

SE INTERPÔS COM JURAMENTO. Deus quem se interpôs com juramento. Tal juramento pode ser dito como duas coisas, a promessa e a palavra de Deus. Deus deu a sua palavra de que abençoaria a Abraão, e assim o fez quando em vida do patriarca. E a promessa de que multiplicaria sua semente como as estrelas do céu e a areia do mar. Isso se cumpriu na descendência biológica, e está se cumprindo também na igreja, os filhos da fé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário