Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de abril de 2017

Hebreus 7:10

Hebreus 7:10 – Porque ele ainda estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro.
PORQUE ELE. O autor se reporta a Levi, que era filho de Jacó ou Israel, de quem era pertencente à tribo de Levi, de onde veio Aarão, como primeiro sacerdote ou sumo sacerdote do povo hebreu. Levi era o terceiro filho de Jacó com Lia, e este nome tem dois significados, o próprio que quer dizer “unir” que segundo os rabinos expressava o desejo de Lia de se unir ou juntar com Abrão. E o segundo que foi adquirido significa “sacerdote”, de onde surgiu o ofício sacerdotal a partir de Aarão e os seus descendentes.

AINDA ESTAVA. Histórias mais antigas e tradições dos povos orientais dão conta de que havia nos tempos bíblicos a crença de que, os descendentes de um clã, tribo ou família, já eram supostamente acumulados sobre a vida dos principais líderes do povo de mesmas origens. De forma que, o escritor dá a entender, baseado nestas crenças que já no tempo de Abraão Levi já subsistia ainda que na genética do patriarca dos hebreus.

NOS LOMBOS. Para alguns povos, essas crenças eram de que os descendentes dos homens mais importantes já existiam na cabeça ou no pensamento de tais lideres de famílias de destaques, como se as clãs fossem planejadas com antecedência. Já para outros povos, que parece ser o caso dos hebreus, estes descendentes eram carregados nos rins, o que o autor neste caso chama de lombos, o que aponta de que Levi já estava impregnado na genética do patriarca Abraão, quando se encontrou com Melquisedeque.

DE SEU PAI. Alguns pensam que o autor está se referindo a Jacó ou Israel, de quem era filho Levi, e que era o patriarca mais próximo de Levi por seu o seu pai. Mas, na realidade o autor se refere a Abraão que dentre os três patriarcas era o mais ilustres para os hebreus. Assim sendo, na alegoria feita pelo escritor, Levi já se encontrava na genética de Abraão, quando esse reconheceu que Melquisedeque era sacerdote de Deus.

QUANDO. Certamente o autor tem em mente o evento registrado em Gênesis 14:18-20 - E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e era este sacerdote do Deus Altíssimo. E abençoou-o, e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra. E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo. É sobre este encontro que escreve o autor.

MELQUISEDEQUE. Este homem era alguém muito importante naquela mesma região e a prova disto é que ele era rei de Salém. E um aspecto mais importante ainda sobre este personagem é que além de ser o governante do seu povo, ele também era um sacerdote do Deus Altíssimo, o que o diferencia dos demais reis que haviam em sua época. Melquisedeque era um rei poderoso, mas também era rei de justiça e de paz.

LHE SAIU AO ENCONTRO. Todas as lideranças daquela época tinham seus espias e informantes de tudo que acontecia em toda a região. Tomando conhecimento de que Abraão tinha guerreado contra quatro reis e os havia vencido, Melquisedeque, que também era rei de paz, foi ao encontro do patriarca para estabelecer paz com ele. Tendo Abraão encontrado o rei, lhe pagou o tributo devido do dízimo conforme era seu dever.

Nenhum comentário:

Postar um comentário