Pesquisar este blog

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Hebreus 7:11

Hebreus 7:11 - De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?
DE SORTE QUE, SE A PERFEIÇÃO. A verdade é que, nem a lei de Moisés e nem o sacerdócio de Arão tinham como objetivo a perfeição do povo de Israel, pelo contrário, as exigências da legislação de Moisés mostrou aos hebreus o quanto o ser humano é falho, fraco e pecador. Agora, a nova dispensação da graça, tem demonstrado sua eficácia na perfeição dos remidos, a partir do sacrifício expiatório do Cristo de Deus.

FOSSE PELO SACERDÓCIO LEVÍTICO. É claro que o sacerdócio levítico teve o seu inegável papel de por um determinado tempo orientar o povo de Israel sobre os serviços que se devia prestar a Deus, por meio do tabernáculo e depois nos templos de Jerusalém. Porque tudo isso era uma tipologia do que de fato Deus estava preparando para a sua igreja, por meio do Sumo Sacerdote Eterno, segundo a ordem de Melquisedeque, Jesus.

PORQUE SOB ELE O POVO RECEBEU A LEI. Enquanto Moisés estava vivo, antes da entrada do povo na terra de Canaã, porque nem o próprio Moisés entrou na terra prometida, era o próprio Moises quem ensinava a lei aos hebreus, até porque o próprio Moises era também da tribo de Levi. Mas depois de Moisés, Arão e seus descendentes ficaram responsáveis pela aplicação das ordenanças, mandamentos e juízos da lei.

QUE NECESSIDADE HAVIA LOGO DE OUTRO. Se a lei de Moisés e o sacerdócio levítico fossem completos e eternos, não haveria a necessidade de um novo pacto e um novo sacerdócio. Este outro Sacerdote, se refere a Cristo Jesus nosso Senhor, ele que antes mesmo de se manifestar ao povo hebreu, já era esperado como Sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque. Este outro Sacerdote veio para o bem de todos.

SACERDOTE SE LEVANTASSE. Por conta da profecia messiânica do salmista, de que Deus levantaria um Sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque (Salmos 110:4), muitos se levantaram se dizendo sacerdotes segundo esta ordem, que não faziam parte da ordem de Arão como os Macabeus. No entanto, nenhum deles cumpria o requisito eternamente, porque morriam. Jesus morreu, mas ressuscitou para nunca mais morrer.

SEGUNDO A ORDEM DE MELQUISEDEQUE. Por que, segundo a ordem de Melquisedeque? Por que este sacerdote do Deus altíssimo não pertencia à tribo de Leve, nem se tem como provar que Levi também pertenceu a esta genealogia de Melquisedeque. Em Israel, só podia ser sacerdote se pertencesse à tribo de Levi. Jesus jamais se encaixaria na categoria de sacerdote, a não ser segundo a ordem de Melquisedeque. Jesus na verdade era da tribo de Judá e não da tribo de Levi.

E NÃO FOSSE CHAMADO SEGUNDO A ORDEM DE ARÃO. Os próprios sacerdotes e sumos sacerdotes da ordem de Arão viviam de olho para que não se levantasse ninguém como líder religioso em Israel, se não pertencesse à tribo de Levi, o terceiro filho de Jacó com Lia. Por isso que, Jesus foi tão perseguido pelos líderes religiosos dos judeus de sua época.

Nenhum comentário:

Postar um comentário