Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Hebreus 7:27

Hebreus 7:27 - Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo.
QUE NÃO NECESSITASSE. Os sacerdotes aarônicos viviam de forma frenética em oferecer sacrifícios pelos seus próprios pecados e também pelos pecados do povo. E cada vez mais se fazia necessário, porque tantos os próprios sacerdotes quanto o povo cada vez mais se embrenhavam na pecaminosidade. Assim sendo, mais e mais sangue de animais era derramado, na tentativa de resolverem os problemas dos pecados de todo o povo.

COMO OS SUMOS SACERDOTES. Uma das funções preponderante dos sacerdotes da antiga aliança era justamente oferecer sacrifício de animais pelos pecados do próprio sacerdote e também do povo, e com isso interceder na presença de Deus pelo perdão dos pecadores. A questão da repetição e em maior quantidade dos sacrifícios já não mais era aceito como cheiro suave diante do altar dos holocaustos, até porque, isso se tornou uma rotina, porque mais e mais os sacerdotes erravam e o povo pecava contra Deus.

DE OFERECER CADA DIA SACRIFÍCIO. Não se sabe se o autor esta falando de todos os dias ou se ele se refere a cada dia da expiação, que era feito uma vez por ano. Apesar de que, as tradições do tempo em que houve o retorno dos cativeiros, eram de que, os sumos sacerdotes ofereciam todos os dias sacrifícios por si mesmo e também pelo povo. Pode ser que o autor esteja confundindo a função dos sacerdotes com os sumos sacerdotes.

PRIMEIRAMENTE POR SEUS PRÓPRIOS PECADOS. Desde quando foi instituído por Moisés o ofício sacerdotal da tribo de Levi e com a função sumo sacerdotal da linhagem de Aarão, que estava determinado que os sacerdotes teriam que todos os dias oferecer sacrifícios por si mesmo e depois pelo povo, e que no grande dia anual da expiação o sumo Sacerdote teria que oferecer sacrifício pelos seus pecados e do povo igualmente.

DEPOIS PELOS DO POVO. Feito os sacrifícios diários pelos sacerdotes por si mesmo, e no grande dia anual da expiação o sumo sacerdote do mesmo modo. Desta forma é que estariam aptos a sacrificarem pelos pecados do povo. Com o passar do tempo, o povo estava substituindo a obediência à lei, pelos sacrifícios. E por conta disto, os críticos afirmam que os judeus pecavam tanto, que havia a necessidade de sacrifícios diários.

PORQUE ISTO FEZ ELE, UMA VEZ. Vindo o Messias de Deus como sendo Sumo Sacerdote da igreja remida, não mais seria necessária a repetição dos sacrifícios, sejam eles os diários pelos sacerdotes ou o dia da expiação anual pelos sumos sacerdotes. Isso porque o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo foi sacrificado uma única fez para tirar o pecado dos seus remidos. Os sacrifícios de animais cobriam os pecados, mas Cristo aboliu.

OFERECENDO-SE A SI MESMO. O sacrifício expiatório de Cristo foi tão perfeito e bem aceito diante de Deus, que não há mais necessidade de sacrifícios repetitivos para tirar os pecados do povo. A propiciação realizada pelo Cordeiro de Deus, Jesus Cristo, aplacou definitivamente a ira de Deus, resolvendo o problema dos pecados dos remidos diante da justiça divina. Pois o resultado final do sacrifício perfeito foi à reconciliação com Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário