Pesquisar este blog

sábado, 29 de abril de 2017

Hebreus 8:12

Hebreus 8:12 - Porque serei misericordioso para com suas iniquidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.
PORQUE SEREI. Continua o autor ainda no texto de Jeremias 31:34 - Diz o Senhor; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados. Uma das finalidades da nova dispensações, entre muitas outras, é resolver o problema do pecado dos filhos do homem. No jardim do Éden houve a queda (Gênesis 3:6), e no próprio evento, houve também a promessa de que Deus enviaria o seu Messias (Gênesis 3:15) para solucionar o problema do pecado com suas consequências.

MISERICORDIOSO. A nova dispensação da graça de Deus, pela fé em Cristo, tem sua base nas misericórdias do Deus Criador para com toda a humanidade, principalmente para com a igreja remida de Cristo Jesus. Isso porque, as misericórdias de Deus é a causa de não sermos consumidos. Lamentações 3:22-23 - As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim. Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. Essa misericórdia de Deus está totalmente disponível.

PARA COM SUAS INIQUIDADES. A lei de Moisés não resolveu o problema das iniquidades dos filhos de Israel, ao ponto de chegar o momento de Deus implantar, por meio do seu Messias, uma nova dispensação melhor, baseada em melhores promessas, em que o evangelho liberta o ser humano de suas maldades. Iniquidade é a tendência do ser humano a praticar deliberadamente suas maldades, porque é dominado pelo mal. Na nova dispensação da graça de Deus, o Espírito Santo trabalha no homem interior para transformar o velho homem em uma nova criatura, pela regeneração espiritual.

E DE SEUS PECADOS. A velha dispensação da lei também não teve a capacidade de modificar para melhor o estado pecaminoso dos filhos de Israel. Desde a queda da raça humana que a alma dos homens ficou contaminada pela síndrome do pecado, e com isso o homem natural tem prazer nas concupiscências da carne. O novo nascimento é o começo da reversão deste quadro, que se completa com a regeneração e transformação do velho homem em uma nova criatura, em Cristo Jesus, isso é possível na nova dispensação da graça, porque este é um trabalho especial do Espírito Santo de Deus.

E DE SUAS PREVARICAÇÕES. Prevaricar é transgredir um ou mais mandamentos expressos e que se tem conhecimento. Uma das facetas da queda da raça humana, ainda no Jardim do Éden, foi justamente gerar nos seres humanos o sentimento de rebeldia e desobediência aos mandamentos de Deus, e isso teve seu gênesis ainda com o nobre casal Adão e Eva, quando do primeiro pecado da raça humana contra o seu Criador. Porem, na nova dispensação o sentimento de rebelião é anulado na vida dos remidos.

NÃO ME LEMBRAREI MAIS. Os benefícios da nova dispensação da graça de Deus para aqueles que por ela são alcançados, são incalculáveis. Deus lança no mar do esquecimento os nossos pecados, em que ele não mais se lembra das deles. Vemos nisso, que a intervenção da obra perfeita de redenção da parte de Cristo, tem um valor muito grande para os seus remidos, em que a nossa culpa foi posta na conta do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, por conta da sua obra perfeita de expiação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário