Pesquisar este blog

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Hebreus 8:3

Hebreus 8:3 - Porque todo o sumo sacerdote é constituído para oferecer dons e sacrifícios; por isso era necessário que este também tivesse alguma coisa que oferecer.
PORQUE TODO O SUMO SACERDOTE. O sumo sacerdote era a figura mais importante da religião em Israel e de acordo com a lei de Moisés, só podia ser sumo sacerdote, aquele que pertencia à linhagem de Aarão, irmão de Moisés, ele que foi o primeiro sumo sacerdote dos judeus. Depois dos exílios os Macabeus assumiram este posto e já no tempo do domínio romano, quem indicava o sumo sacerdote era Roma. E vindo o tempo da nova dispensação da graça, Cristo Jesus assumiu definitivamente este ofício.

É CONSTITUÍDO. Nas culturas pagãs mais antigas, os reis também eram os sumos sacerdotes de suas religiões, e em muitos casos, esses sumos sacerdotes reis eram adorados como se fossem deuses. Em Israel, Aarão foi constituído por Moisés, de conformidade com as leis religiosas daquele país. Depois da vinda do Messias de Deus, foi o Criador dos céus e da terra, quem constituiu seu Filho Jesus como sumo sacerdote.

PARA OFERECER. De qualquer forma o ofício sumo sacerdotal era um ministério, porque envolvia várias atividades dentro da hierarquia da classe dos privilegiados da religião judaica. O sumo sacerdote era um tipo administrador de todos os demais sacerdotes levíticos bem como do Tabernáculo e posteriormente dos templos de Jerusalém. Uma das funções mais importantes do sumo sacerdote era justamente uma vez no ano entrar no Santo dos Santos para interceder perante a presença de Deus pelos pecados do povo.

DONS E SACRIFÍCIOS. Estes serviços exercidos pelos sumos sacerdotes envolviam sacrifícios sangrento e incruento. Os dons eram os manjares e as ofertas que os filhos de Israel ofereciam em gratidão a Deus pelos benefícios recebidos com a colheita dos alimentos. Já os sacrifícios de animais e aves eram oferecidos como expiação pelos pecados do povo, como era no caso do dia da expiação, que envolvia o perdão divino.

POR ISSO ERA NECESSÁRIO. O cerimonialismo e o ritualismo praticado pelas castas sacerdotais foram se tornando obsoletos ao ponto do próprio Deus não mais aceitar nem as ofertas nem os sacrifícios como algo agradável. Por isso que Deus fez a promessa de um novo tipo de Sumo Sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque, Jesus Cristo. Jesus substituiu definitivamente o antigo sistema sacerdotal para todo o sempre.

QUE ESTE TAMBÉM TIVESSE. “Este” fala sobre Jesus como Sumo Sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque, conforme a promessa feita por Deus em (Salmos 110:4). A vida e o ministério de Cristo aqui na terra foi uma demonstração de que, após a sua ressurreição seria constituído por Deus Sumo Sacerdote eternamente. Por isso que ele ao subir aos céus, se assentou a destra do trono da Majestade celestial e intercede por nós.

ALGUMA COISA QUE OFERECER. Como todo sumo sacerdote é constituído para oferecer alguma coisa, com Jesus não foi diferente, ele ofereceu a Deus como oferta e sacrifício o que ele tinha de mais precioso, que era a sua própria vida. A morte do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo envolveu a obra perfeita de expiação para realizar o resgate da sua igreja remida. Bem como a propiciação que efetuou a reconciliação com Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário