Pesquisar este blog

sábado, 13 de maio de 2017

Hebreus 9:28

Hebreus 9:28 - Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.
ASSIM TAMBÉM CRISTO. Os eruditos do Velho Testamento demonstram muitas passagens bíblicas das literaturas dos hebreus com a epifania de Cristo, mas não como homem. Porque a humanização do Messias de Deus se deu uma única vez, na pessoa bendita de Jesus de Nazaré, quando ele assumiu a natureza humana. Filipenses 2:7 - Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens. Nisto se cumpre aquela palavra que diz: E o Verbo se fez carne e habitou entre nós.

OFERECENDO-SE UMA VEZ. Ainda sobre a expiação, os sumos sacerdotes da antiga aliança sempre a cada ano repetiam o sacrifício de um cordeiro para fazer expiação pelos pecados dos filhos de Israel. À perfeita expiação do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, foi tão completa e bem aceita diante de Deus, como ato de propiciação, que só precisou ser feita uma única vez, isso foi o suficiente para fazer a reconciliação.

PARA TIRAR OS PECADOS DE MUITOS. Por isso que o Cristo de Deus é chamado de Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Enquanto a expiação realizada pelos sumos sacerdotes da antiga aliança cobria o pecado do povo, o sacrifício de Cristo aboliu os efeitos do pecado na vida dos seus remidos. Conforme o próprio texto afirma, a redenção de Cristo alcançou a muitos, e não a todos, se bem que, se pode aplicar a todos.

APARECERÁ SEGUNDA VEZ. Esta referência é direta a segunda vinda de Cristo para arrebatar a sua igreja, que ele comprou com seu sacrifício de amor. A volta de Cristo para buscar os seus remidos é a grande esperança da igreja amada do Senhor Jesus. Os cristãos primitivos não imaginavam que haveria este hiato de tempo, entre a ascensão do Senhor Jesus e a sua gloriosa volta para levar os seus escolhidos de todos os povos. Estamos vendo se cumprir os sinais que antecedem a volta eminente do Filho de Deus.

SEM PECADO. Não que, na primeira vinda do Cristo Salvador, ele tivesse pecado, o evangelho declara que ele não pecou, não errou nem falhou. Mas na primeira vinda, ele tomou sobre si mesmo os nossos pecados (Isaías 53:5) e por conta disto ele teve que pagar um alto preço de redenção. Porem, em sua vinda para arrebatar seus remidos, ele não mais terá que sofrer os efeitos da expiação e propiciação, que já fora realizadas.

AOS QUE O ESPERAM. A igreja do primeiro século esperava o retorno de Jesus, o Salvador, ainda em seus dias, bem como a igreja de todos os tempos também e principalmente à igreja remida destes últimos dias. Esperar a Cristo é estar preparado para o grande dia do encontro com o Mestre, ele que como Sumo Sacerdote, hoje está à destra de Deus intercedendo pelos seus remidos. Esta esperança nunca há de morrer.

PARA A SALVAÇÃO. A salvação dos remidos de Cristo começou quando o Cristo de Deus realizou a redenção da sua igreja. Da parte humana tem seu primeiro passo, quando o homem exerce sua fé no nome de Cristo, e em um verdadeiro arrependimento entrega sua alma aos cuidados do Senhor Jesus. Esta salvação vai ter seu grande salto de qualidade quando da volta de Cristo, para que os remidos tomem posse da vida eterna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário