Pesquisar este blog

domingo, 18 de junho de 2017

Hebreus 11:32

Hebreus 11:32 - E que mais direi? Faltar-me-ia o tempo contando de Gideão, e de Baraque, e de Sansão, e de Jefté, e de Davi, e de Samuel e dos profetas.
QUE MAIS DIREI? O autor estava cheio de palavras e de lembranças de tantos outros heróis da fé, dos quais as Escrituras estão recheadas dos seus grandes e belíssimos exemplos. Se fosse falar de todos aqueles que deixaram seus bons exemplos de fé, certamente teríamos uma carta tão grande, que nem carta seria, mais sim um livro de conteúdo gigantesco. Porem, estes exemplos dados pelo escritor, nos faz compreender o valor da fé, por isso que, ela é indispensável na vida dos que servem ao reino de Cristo.

FALTAR-ME-IA O TEMPO CONTADO. Ver-se que os nomes citados, neste texto, estão sem os detalhes ou os exemplos específicos que caracterizaram estes heróis da fé, dos quais o escritor apenas cita seus nomes. O fato é que o autor não queria ser enfadonho com suas letras para com seus leitores, e, portanto, entende que os nomes citados, já eram seus testemunhos de fé, conhecidos de todos aqueles que eram seus destinatários.

DE GIDEÃO E DE BARAQUE. Sobre Gideão, podemos dizer que ele foi importante como um dos juízes de Israel, antes da implantação da monarquia, porque ele ensinou ao povo de Deus como exercer a teocracia, com o governo de Deus. Já sobre Baraque, o livro de Juízes nos conta que ele juntamente com Débora, que era uma profetiza de Israel, livraram ao povo de Deus de Jabim, rei de Canaã que à vinte anos perseguia Israel.

E DE SANSÃO E DE JEFTÉ. Sansão também foi um dos juízes de Israel, que depois de ser vencido pelos seus inimigos, pediu força ao Senhor para derrotar aqueles que lhe humilhavam, o que o Senhor atendeu-lhe o pedido. Jefté, também um outro juiz do povo hebreu, ele era de Gileade, mas teve que sair como fugitivo para Tobe. Diante da guerra, os anciãos de Israel foram em busca dele, para que lutasse pelo povo de Deus. De início Jefté se recusou, porque quando precisou, deram as costas para ele. Mas por fim aceitou.

E DE DAVI. Depois de falar sobre quatro dos juízes do povo hebreu, o escritor fala de um dos mais conceituados reis na nação israelita, que foi o rei Davi. A vida, as vitórias e o reinado deste grande homem de Deus estão cheios de bons exemplos de fé, por isso que seu nome é citado pelo autor, como um dos heróis da fé. Não há dúvida que foi pela fé que Davi venceu o gigante Golias, que vivia a insultar e humilhar o povo de Deus, Israel.

E DE SAMUEL. Agora, o autor da um dos exemplos de fé, de quem foi um dos principais sacerdotes de Israel, que foi efetivamente, Samuel. Primeiro, o seu nascimento foi um milagre da parte de Deus, porque a sua mãe era estéril e não podia ter filhos. Depois de nascido, ele foi oferecido inteiramente ao serviço do Senhor, o que cumpriu com sucesso sua missão como sacerdote do Deus de Israel. Samuel era um homem de muita fé.

E DOS PROFETAS. Por fim, o escritor cita de maneira genérica todos os profetas que, como mensageiros de Deus cumpriram suas missões de fé, anunciado os decretos de Deus ao seu povo. Todos eles são exemplos dignos de quem viveram pela fé, e como representantes do reino de Deus, sempre eram utilizados pelo Espírito do Senhor para advertir aos hebreus sobre a vontade do Senhor. Muitos dos profetas foram messiânicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário