Pesquisar este blog

terça-feira, 6 de junho de 2017

Hebreus 11:9-10

Hebreus 11:9-10 - Pela fé habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus.
PELA FÉ HABITOU NA TERRA DA PROMESSA. Gênesis 12:5-6 - E tomou Abrão a Sarai, sua mulher, e a Ló, filho de seu irmão, e todos os bens que haviam adquirido, e as almas que lhe acresceram em Harã; e saíram para irem à terra de Canaã; e chegaram à terra de Canaã. E passou Abrão por aquela terra até ao lugar de Siquém, até ao carvalho de Moré; e estavam então os cananeus na terra. Abraão foi pela fé para a terra de Canaã.

COMO EM TERRA ALHEIA. Gênesis 12:8-9 - E moveu-se dali para a montanha do lado oriental de Betel, e armou a sua tenda, tendo Betel ao ocidente, e Ai ao oriente; e edificou ali um altar ao Senhor, e invocou o nome do Senhor. Depois caminhou Abrão dali, seguindo ainda para o lado do sul. Gênesis 13:3-4 - E fez as suas jornadas do sul até Betel, até ao lugar onde a princípio estivera a sua tenda, entre Betel e Ai. Até ao lugar do altar que outrora ali tinha feito; e Abrão invocou ali o nome do Senhor.

MORANDO EM CABANAS COM ISAQUE E JACÓ. A promessa já havia sido feita ao Patriarca Abraão, foi confirmada a Isaque, e refeita a Jacó e aos seus descendentes que desceriam para o Egito, mas retornariam para tomarem posse da herança prometida. No entanto, os patriarcas, viviam naquele lugar como estrangeiros e peregrinos, morando em cabanas ou tendas, que eram as residências mais pobres daquela época e do lugar.

HERDEIROS COM ELE DA MESMA PROMESSA. Isaque como Filho de Abraão, e como herdeiro direto do patriarca era que de direito deveria tomar posse da herança, ainda que por promessa, mas ele igual a seu pai, viveu pela fé na promessa. Com Jacó não foi diferente, ele também certamente vivia com a mesma esperança de tomar posse da terra de Canaã, que fora prometida a seu avô Abraão, confirmada a seu pai Isaque.

PORQUE ESPERAVA. O autor espiritualiza a promessa, olhando não para o passado, uma vez que, neste novo momento de Deus com a humanidade, maiores promessas Deus tinha para Abraão, Isaque, Jacó, seus descendentes e todas as nações do mundo. O Escritor coloca no coração dos patriarcas a esperança na Nova Jerusalém, que é de cima, e não na terra de Canaã, que mesmo sendo dado aos filhos de Israel, mas foi passageira.

A CIDADE QUE TEM FUNDAMENTOS. Esta cidade que tem fundamentos é a Nova Jerusalém Celestial, da qual fala Apocalipse 21:9-27. Sobre esta mesma cidade Jesus falou em João 14:2-3 – Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.

DA QUAL O ARTÍFICE E CONSTRUTOR É DEUS. João viu esta cidade linda, quando foi arrebatado aos céus. Apocalipse 21:2-3 - E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário