Pesquisar este blog

sábado, 24 de junho de 2017

Hebreus 12:3-4

Hebreus 12:3-4 - Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos. Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado.
CONSIDERAI, POIS, AQUELE. O autor chama os seus leitores para considerar o exemplo de Cristo, observando cuidadosamente tudo que ele teve que passar, mesmo sendo inocente teve que ser injustiçado, mesmo só fazendo o bem a todos, mas recebeu em troca tanta maldades dos seus opositores. “Aquele” se refere ao Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, que por amor ilimitado aos seus remidos, sofreu tantas perseguições, várias vezes teve que fugir de entre os inimigos para não ser apedrejado.

QUE SUPORTOU TAIS CONTRADIÇÕES. O Messias de Deus ao entrar no planeta terra, tinha consigo a melhor das intenções que era justamente abençoar o seu povo, os judeus, mas este mesmo povo não o acolheu, pelo contrário, o rejeitou, desprezando os benefícios que o Cristo de Deus veio lhes proporcionar. Por onde passava só fazia o bem a todos, curando os doentes e libertando os oprimidos, mas mesmo assim o mataram.

DOS PECADORES CONTRA SI MESMO. Quando o Senhor Jesus veio a terra, ele já sabia de tudo que haveria de passar de contrariedades, mas mesmo assim, não deu as costas aqueles que o procurou com seus dilemas de sofrimentos. No momento mais difícil de sua missão, quando estava no alto da cruz do Calvário, em vez de amaldiçoar os seus inimigos, pediu ao Pai que lhes perdoassem, em vez de destruir a todos se quisesse.

PARA QUE NÃO ENFRAQUEÇAIS. Por isso que o escritor começa este capítulo pedindo que os seus leitores olhassem para Jesus, autor e consumador da fé, isso porque o exemplo de resistência e resignação deixado pelo Mestre Jesus, é o suficiente para que os servos de Cristo suportem as lutas do dia a dia. Os leitores desta carta não tinham uma vida nada fácil, até porque os judaizantes eram cruéis contra quem deixasse o judaísmo.

DESFALECENDO EM VOSSOS ÂNIMOS. Todos os exemplos dados dos heróis da fé citados no capítulo anterior deveriam servir de encorajamento para os irmãos hebreus, que conheciam as Sagradas Escrituras do Velho Testamento, concernente aos testemunhos de fé dados pelo escritor desta carta. Neste caso, desfalecer era meio caminho dado para abandonar a fé cristã e retornar ao judaísmo, o que seria um grande retrocesso.

AINDA NÃO RESISTISTE ATÉ AO SANGUE. Muitas lutas e batalhas eram travadas até este momento para as igrejas de Israel, ligadas à igreja mãe de Jerusalém. Muitos dos leitores desta carta, certamente perderam seus bens, que foram confiscados pelo governo. Outros eram abandonados pelos seus familiares e pela sociedade, Todavia, nenhum deles ainda não haviam sido vítimas do derramamento de sangue, como aconteceu com Cristo.

COMBATENDO CONTRA O PECADO. Uma das principais finalidades da morte do Senhor Jesus foi justamente para desfazer os efeitos do pecado dos seus remidos. A manifestação do Messias de Deus como sendo o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo foi efetivamente para fazer a expiação pelos pecados da humanidade. A morte propiciatória do Senhor Jesus foi para remir a sua igreja das suas transgressões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário