Pesquisar este blog

sábado, 24 de junho de 2017

Hebreus 12:5

Hebreus 12:5 - E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, E não desmaies quando por ele fores repreendido.
E JÁ VOS ESQUECESTES. Alguns dos textos que temos a nossa frente nos ensinam lições importantes quanto à disciplina de Deus na vida dos seus filhos, mas sempre com o objetivo de nos fazer crescer na fé e no desenvolvimento espiritual. O autor usa o texto de Provérbios 3:11-12 - Filho meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da sua repreensão. Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem. O escritor nos ensina sobre nossa filiação com Deus em Cristo.

DA EXORTAÇÃO. Essa exortação nos fala da disciplina que Deus como Pai aplica sempre que necessário na vida daqueles que ele toma por filhos. E quem são os filhos de Deus? A bíblia diz que os filhos de Deus são aqueles que aceitam a Cristo como Senhor e Salvador (João 1:11-12). Além do mais, os filhos de Deus são todos aqueles que são guiados pelo Espírito Santo de Deus (Romanos 8:14,16). Exortar neste caso é disciplinar, corrigir.

QUE ARGUMENTAVA CONVOSCO COMO FILHOS. O autor aborda estes argumentos justamente para falar de mais um tema de suma importância na nova dispensação da graça de Deus por meio de Cristo Jesus, o nosso Mediador, que é a nossa filiação para com o Pai. E dentro deste contexto, podemos dizer que o escritor está fazendo os seus leitores pensarem sobre o acesso que os remidos têm direto com Deus como filhos.

FILHO MEU, NÃO DESPREZEIS. De acordo com a nova dispensação de Deus com a humanidade, essa nossa filiação para com Deus se traduz por sinônimo de Salvação. Todos são criaturas de Deus, mas conforme as Santas Escrituras, nem todos são filhos de Deus. Portanto, se somos filhos de Deus não devemos desprezar a palavra do Senhor, nem os seus conselhos, porque o Senhor sempre quer nos guiar pelo melhor caminho.

A CORREÇÃO DO SENHOR. Essa correção da parte de Deus na vida dos seus filhos vem em forma de disciplina, de provações e exortações. Quem não é filho de Deus, o Senhor deixa que este viva ao seu bel prazer, que são os ateus, os incrédulos, os ímpios, e todos aqueles que vivem alienados dos planos do Criador. No entanto, os filhos de Deus, tem livre arbítrio, mas são guiados pelo Espírito de Deus, pelo caminho da obediência.

E NÃO DESMAIES. O autor quis dizer: Não desanimeis quando fores por Deus repreendido, pois isso é um bom sinal, de que sois verdadeiramente filhos de Deus. O Senhor quer sempre o melhor para cada um dos seus filhos, por isso que, quando necessário, ele permite que passemos pelos desertos da vida, a fim de apreendermos lições importantes. As correções de Deus em nossa vida nunca são para termos prejuízos.

QUANDO POR ELE FORES REPREENDIDO. Na verdade, Deus criou os filhos do homem com livre arbítrio, porem, com responsabilidade para com o seu Criador. No caso dos filhos de Deus, isso não muda, porem, o Senhor intervêm na vida dos seus filhos para que estes vivam uma vida digna perante a sociedade e na sua presença. Em tudo isso, apreendemos sobre o teísmo, em que Deus age sempre que preciso na vida dos seus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário