Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Hebreus 12:22

Hebreus 12:22 - Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos.
MAS. O autor vem fazendo contrastes marcantes entre as coisas que envolveram a antiga dispensação da lei, e as coisas maravilhosas e melhores que a nova dispensação da graça de Deus propõe para a igreja remida de Cristo. O que a vinda de Cristo proporcionou para a humanidade foi algo tão tremendo, que é como se a humanidade em verdade estive nas densas trevas e Cristo com sua obra de redenção a transportasse para a luz. Cristo propõe o melhor para todos, hebreus e gentios.

CHEGASTES. Os filhos de Israel receberam a lei de Moisés em meio ao terror, ao assombro e ao medo, porque o que aconteceu no Monte Sinai foi algo tenebroso, terrível e horripilante. Mas os hebreus remidos em Cristo chegaram à presença direta de Deus, porque Cristo abriu o caminho de acesso a presença do Pai. Os salvos em Cristo são mais privilegiados de todos os povos do mundo, até mais que os judeus.

AO MONTE SIÃO. Em se tratando da Sião terrena, este era o local mais alto do monte sobre o qual Jerusalém foi construída, que no tempo de Davi também ficou sendo conhecido como Monte Santo ou Santuário do monte, para onde o rei levou a arca de Deus. Mas o escritor está falando da Sião Celestial, a morada de Deus ou o lugar da habitação de Deus e de Cristo, com seus anjos, para onde vai a igreja remida.

E A CIDADE. No que diz respeito ainda à cidade terrestre, ou Jerusalém terrena, este era o lugar em que os jebuseus tinham uma fortaleza e que Davi tomou para neste lugar construir a cidade de Jerusalém. Quanto a Jerusalém Celestial, esta é uma grande cidade em que nela habita o grande Deus e seu Cristo. O livro do Apocalipse nos fala a respeito desta cidade que é feita de ouro puro e cristal resplandecente.

DO DEUS VIVO. Sobre a Jerusalém terrestre, era assim chamada para diferenciar das demais cidades antigas, porque em Jerusalém, no tempo da fidelidade dos filhos de Israel, somente o Deus vivo era adorado. Na Sião Celeste, é onde habita o Deus vivo, que tem a vida em si mesmo. É o mesmo Deus que ressuscitou a Cristo Jesus de entre os mortos e que haverá também de ressuscitar todos os remidos para a vida eterna.

A JERUSALÉM CELESTIAL. Apocalipse 21:2-3 - E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus. Em (Apocalipse 21:10-27) fala mais detalhadamente sobre esta linda e maravilhosa cidade, a Nova Jerusalém Celestial.

E AOS MUITOS MILHARES DE ANJOS. Apocalipse 5:11-12 - E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares. Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. Estes mesmo anjos estão hoje espalhados por todas as partes da terra para proteger os remidos (Salmos 37:4) e servi-los (Hebreus 1:14)

Nenhum comentário:

Postar um comentário