Pesquisar este blog

domingo, 16 de julho de 2017

Hebreus 13:20

Hebreus 13:20 - Ora, o Deus de paz, que pelo sangue da aliança eterna tornou a trazer dos mortos a nosso Senhor Jesus Cristo, grande pastor das ovelhas.
ORA, O DEUS DE PAZ. Desde os tempos da conquista de Israel a terra prometida, Canaã, que os filhos de Israel ficaram chamando o Deus de Abraão, Isaque e Jacó, de o Deus de Paz, porque os hebreus atribuíam ao seu Deus às conquistas em todos os embates enfrentados pelo povo de Deus. Já na nova dispensação, Deus é assim conhecido, por estabelecer a reconciliação com os homens, por meio do seu Filho Jesus, que pela propiciação, aplacou a ira de Deus com a humanidade, pela paz.

PELO SANGUE DA ALIANÇA ETERNA. Ao se referir ao sangue, neste ponto do texto, o autor está se reportando ao sacrifício de Cristo em prol de sua igreja amada, porque foi pelo sangue do Cordeiro de Deus, ou seja, pela sua vida, que ele deu na cruz do Calvário, que se tornou possível a redenção da humanidade. E ao se referir à aliança eterna, o escritor fala a respeito da nova dispensação da graça de Deus, por meio de Cristo. Até porque, o seu sacerdócio seria eterno, segundo a ordem de Melquisedeque.

TORNOU A TRAZER DOS MORTOS. A ressurreição de Jesus Cristo de entre os mortos foi fundamental, no que diz respeito ao cumprimento de todas as profecias messiânicas, que a seu respeito estavam escritas. O evangelho proclama que, o Senhor ressuscitou de entre os mortos, passou quarenta dias com os seus, falando das coisas do reino do Pai, subiu ao céu para se assentar a destra da majestade celestial.

A NOSSO SENHOR. Antes mesmo de sua vinda, como sendo o Messias prometido de Deus, já estava previsto que o Cristo seria Senhor para glória de Deus Pai, isso porque, ele seria Rei de descendência de Davi. Além do mais, o profeta Daniel escreveu sobre o seu governo e domínio, que seriam eternos, e que jamais chegariam ao fim. Já o Novo Testamento diz como Jesus se tornou Senhor dos senhores, para glória de Deus Pai.

JESUS CRISTO. O nome Jesus é uma transliteração do nome de Josué, hebraico para o grego do Novo Testamento. Jesus é o nome próprio do Filho de Deus e traduzido quer dizer: Aquele que veio salvar o seu povo dos seus pecados. Já o sobrenome Cristo, nos fala do Messias de Deus, como sendo o enviado de Deus e ungido do Senhor para implantar a nova dispensação da graça. Jesus Cristo é o mesmo Jesus de Nazaré.

GRANDE PASTOR. No evangelho de João está escrito que Jesus é o Bom Pastor, porque ele deu a sua vida pelas suas ovelhas. E quando se diz que Cristo é o grande Pastor, é porque a ele pertence todo o rebanho que faz parte da igreja remida. Mas, ele é o grande pastor em termos de verdade, uma vez que, ele cuida devidamente dos que fazem parte do povo de Deus, protegendo, abençoando e guiando sempre.

DAS OVELHAS. Estas ovelhas, sobre a quais o escritor fala, não diz respeito a animais, como conhecemos. No entanto, diz respeito aos remidos do Senhor Jesus, todos aqueles que ele comprou com seu sacrifício de amor. Estas ovelhas de Cristo são todos aqueles que no exercício da verdadeira fé, se arrependeram dos seus pecados, aceitaram a Cristo como Senhor e Salvador, nasceram de novo pelo Espírito Santo, isso porque foram regenerados pelos poder do evangelho libertador de Cristo Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário