Pesquisar este blog

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Hebreus 13:22-23

Hebreus 13:22-23 - Rogo-vos, porém, irmãos, que suporteis a palavra desta exortação; porque abreviadamente vos escrevi. Sabei que já está solto o irmão Timóteo, com o qual, se ele vier depressa, vos verei.
ROGO-VOS, PORÉM, IRMÃOS. Mais uma vez, o autor usa a palavra rogo, desta vez para fazer um pedido especial sobre o conteúdo desta carta, em que ele pela revelação divina trata com os hebreus de assuntos de relevante importância, no que concerne a Cristo Jesus e a nova dispensação da graça. O fato do escritor chamar os seus leitores de irmãos, se assemelha em muito ao tratamento que Paulo dava aos seus leitores, como também nos ensina sobre a humildade do escritor deste tratado.

QUE SUPORTEIS A PALAVRA. A verdade é que, nesta carta existem muitos temas tratados que para os hebreus eram muito fortes, até porque, os judeus tinham muita estima pelas coisas concernentes ao judaísmo. A prova disto é que, mesmo tendo se convertido ao cristianismo, as lideranças da igreja mãe de Jerusalém, bem como toda a comunidade cristã de Israel e da palestina, continuavam defendendo muitos pontos do judaísmo no cristianismo, diferente do que ocorria nas igrejas gentílicas.

DESTA EXORTAÇÃO. Para nós, os leitores desta carta, neste tempo em que estamos vivendo, nem tanto, mas para os hebreus que vieram do judaísmo, as teses defendidas pelo escritor deste tratado são mensagens de arrepiar os cabelos. Entendemos que por meio dos assuntos tratados nesta carta, o autor desmontou completamente os principais elementos do judaísmo tradicional, dos judeus ortodoxos de sua época.

PORQUE ABREVIADAMENTE VOS ESCREVI. Por que o autor fala desta maneira? Porque ele entende que, teria muito mais temas a serem desenvolvidos para com os seus leitores, com o objetivo de apagar definitivamente da mente deles qualquer resquício do velho judaísmo. O tratado aos Hebreus está mais para uma epístola do que para uma simples carta com poucas recomendações, mas o autor acha pequeno.

SABEI QUE JÁ ESTÁ SOLTO. Este versículo vinte e três, tem levado a muitos comentaristas bíblicos a pensarem na possibilidade real de Paulo ser o escritor desta carta aos Hebreus, muito mais forte a evidência do que qualquer outro dos apóstolos de Jerusalém. O aviso de que, o irmão Timóteo já está solto é mais provável que ele estivesse por um curto período, se tornado prisioneiro em Roma, como muitos outros.

O IRMÃO TIMÓTEO. Timóteo era filho de mãe judia e de pai grego, ele foi instruído desde pequeno por sua mãe Eunice e sua avó Lóide nas tradições dos judeus, mas nunca se converteu de verdade ao judaísmo, pelo fato de que, quando foi alcançado por Paulo, com o evangelho da libertação, ainda não havia sido circuncidado. Foi um dos jovens ministros consagrado por Paulo ao ministério e se tornou líder em Éfeso.

COM O QUAL, SE ELE VIER DEPRESSA, VÓS VEREI. Já neste ponto é levantado um questionamento sobre o destino geográfico para onde foi enviada esta correspondência, uma vez que, não se ver no Novo Testamento o envolvimento de Timóteo nas igrejas de Israel, mas sim, no mundo gentílico. Há quem defenda que o autor enviou sua correspondência para os hebreus espalhados em todo o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário