Pesquisar este blog

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Hebreus 13:4

Hebreus 13:4 - Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará.
VENERADO SEJA ENTRE VÓS. Assim como a antiga aliança de Deus com o seu povo Israel tinha suas regras de comportamento para os seguidores do judaísmo, não é deferente com o cristianismo. Os judaizantes acusavam os cristãos de libertinagem, no entanto, quando feito um estudo mais profundo das doutrinas cristãs, se percebe que a religião de Cristo tem muitas e variadas exigências para quem realmente deseja seguir o evangelho da verdade. A frase posta pelo autor fala de respeito.

O MATRIMÔNIO. Venerado seja entre vós o matrimônio. O que o escritor deseja exortar aos seus leitores é de que o casamento deve ser tido como uma instituição constituída por Deus, para o bem da família e da sociedade. O casamento conforme se verifica dentro das Sagradas Escrituras, deve ser feito entre um homem e uma mulher, porque o homem foi feito para a mulher e a mulher para o homem.

E O LEITO SEM MÁCULA. A cultura judaica era um tanto pervertida neste sentido, quando se permitia que o homem tivesse uma mulher oficial e outras concubinas, que seguia o exemplo de Abraão, Isaque e Jacó, os patriarcas mais respeitados daquela nação. Mas no cristianismo isso não era permitido. O autor diz ser contra a qualquer relação sexual ilícita. Não é permitido entre o casal, coisas anormais no ato sexual.

POREM, AOS QUE. Os ensinos são dirigidos aos que se dizem cristãos, aos hebreus que deixaram a cultura errada dos judeus, quanto ao casamento, e que agora, pretendiam seguir ao evangelho da libertação. Para os ímpios que dão lugar a carnalidade e que vivem pelos prazeres da vida, o escritor diz que não tem nada a ver com eles. A responsabilidade dos líderes cristãos é ensinar ao povo de Deus as doutrinas cristãs, com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento espiritual dos mesmos.

SE DÃO A PROSTITUIÇÃO. Porem, aos que se dão a prostituição. Certamente o autor se refere a todas as formas de relacionamentos ilícitos e proibidos pela palavra de Deus, tais como: O adultério, que é a relação entre duas pessoas casadas, a prevaricação, entre uma pessoa casada e outra solteira, a fornicação, entre pessoas solteiras e o homossexualismo, entre pessoas do mesmo sexo. Isso é prostituição.

E AOS ADÚLTEROS. O adultério é também prostituição, conforme a frase anterior. Mas porque o autor repete esta prática como pecado sexual? Porque entre os hebreus, isso era tido como coisa normal. Mas isso é coisa de pessoas que não servem ao reino de Deus. Lamentavelmente, hoje esta tem se tornado uma prática recorrente com a troca de casais. Por qualquer motivo os casais se separam e se juntam com outras pessoas como se isso fosse uma coisa normal. Isso não é bom para a sociedade diante de Deus.

DEUS OS JULGARÁ. Mas, o escritor quis dizer com isso que, nós não temos nada a ver com tudo isso, deixa na mão de Deus, porque ele sabe como tratar destas questões. Em fim, o escritor também quis dizer que estas pessoas que vivem na prática das relações sexuais ilícitas, serão julgadas por Deus, e isso tem consequências, tanto nesta vida, quanto na vida futura. Sodoma e Gomorra foram destruídas por conta disto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário